qui. dez 1st, 2022

A escolha entre alugar ou comprar veículos costuma ser uma decisão difícil. 

Por um lado, comprar envolve custos mensais mais altos, embora você tenha o seu veículo no final.

Por outro lado, o aluguel de carros pode ter pagamentos mensais mais baixos e permite que você dirija um veículo, sem precisar investir um alto valor com a compra do mesmo.

Se você está em dúvida entre alugar ou comprar veículos, continue a leitura porque vamos abordar as principais características de cada situação. 

O que é melhor alugar ou comprar veículos?

Existem vários pontos que devem ser levados em consideração quanto o assunto é alugar ou comprar veículos, e a decisão certa para outra pessoa pode não fazer sentido para você. 

Primeiro, descubra quanto você pode gastar por mês. Se você precisa da opção mais barata disponível, os pagamentos por um serviço de aluguel de carros são geralmente mais acessíveis do que os financiamentos de automóveis.

Se o menor pagamento mensal for sua principal preocupação, o aluguel de carros é provavelmente o caminho a percorrer.

Em seguida, determine para quê você usará o carro e quantos quilômetros você pretende colocar no hodômetro. Há carros alugados que vêm com restrições de quilometragem. Portanto, faça as contas com os termos do seu aluguel potencial.

Por último, decida o quanto é importante para você dirigir o carro mais novo. Se você deseja trocar seu carro a cada dois ou três anos pelo modelo mais recente, o aluguel é sua melhor aposta.

O que compensa mais alugar ou financiar um carro?

Alguns compradores de automóveis optam por empréstimos de longo prazo, de seis a oito anos, para obter um pagamento mensal mais baixo. 

Mas financiamentos longos podem ser arriscados, e esses compradores podem achar que o aluguel é a melhor opção.

Além disso, essa não é a melhor alternativa se você deseja dirigir um carro novo a cada dois anos. 

Fora que, pegar empréstimos de longo prazo e negociar no início, fará com que você pague altos encargos financeiros em comparação com o principal, que seria melhor alugar. 

Portanto, se sua meta é ter pagamentos mensais baixos e dirigir um veículo novo a cada poucos anos com poucos problemas, então o leasing pode valer o custo adicional. 

No entanto, certifique-se de que você pode conviver com todas as limitações de quilometragem, uso e desgaste e assim por diante.

Quais os custos para comprar um carro?

Comprar um carro envolve diversos custos fixos e variáveis, como seguro, IPVA e manutenções. 

Desvantagens de comprar um carro

Vejamos algumas desvantagens em comprar um carro.

Depreciação

Para aqueles que vêem seus carros como um investimento e não apenas uma compra, a depreciação é uma desvantagem significativa na compra de um carro novo.

Apenas tirar um carro da concessionária reduzirá seu valor razoavelmente e, depois de cinco anos, seu carro perderá cerca de 40% de seu valor, com a maior parte dessa depreciação ocorrendo nos primeiros anos.

Pagamentos mensais mais altos

Com um carro novo, você tem pagamentos mensais mais altos para o empréstimo e o seguro do carro.

Os pagamentos mensais de financiamento terão que ser maiores, uma vez que os carros novos custam mais do que os usados. 

Seguro e IPVA

O seguro de automóveis novos pode ser caro devido à cobertura abrangente e contra colisões exigida pelos credores.

E há as taxas obrigatórias que devem ser pagas todos os anos quando você tem um carro. É o caso do DPVAT e do IPVA, que exige pagamento no início de cada ano, e corresponde de 2% a 4% do valor do veículo. 

Manutenção

Custo como revisões, higienização, trocas necessárias, como pneus e óleo, além de outras despesas com oficinas devem ser considerados quando se comprar um veículo, já que é ideal se preocupar com a manutenção preventiva dele. 

É vantajoso alugar um carro?

Alugar veículos pode ser mais vantajoso do que comprar. Os pagamentos mensais são geralmente mais baixos porque você não está pagando o principal. Listamos algumas vantagens a seguir:

Vantagens de alugar carro

  • Você poderá estar sempre dirigindo um veículo de último modelo, que geralmente é coberto pela garantia do fabricante do carro novo;
  • O aluguel pode incluir trocas de óleo gratuitas e outras manutenções programadas;
  • Você pode dirigir um veículo mais caro e melhor equipado do que gostaria de pagar;
  • Seu veículo terá os recursos de segurança ativa mais recentes;
  • Você não precisa se preocupar com as flutuações no valor de troca do carro ou ter o trabalho de vendê-lo;
  • Pode haver vantagens fiscais significativas para proprietários de empresas;
  • No final, você apenas deixa o carro na locadora.

Refletindo sobre a necessidade do uso do veículo

Dirigir um carro é importante para as pessoas em geral porque fornece status e a oportunidade de controle pessoal e autonomia.

No caso de residir em áreas rurais ou distritos afastados, por exemplo, utilizar um carro é ainda mais importante, pois fornece a única oportunidade para viajar longas distâncias, devido à falta de transporte público. 

Para os idosos, que têm mais dificuldade para caminhar até o ponto de ônibus e andar de bicicleta, um carro próprio costuma ser a única opção para a mobilidade independente. Vários estudos descobriram que mais de 90% dos motoristas mais velhos indicam que desistir de dirigir restringiria sua independência e mobilidade. 

Além disso, em casos de saúde, pode ser vital utilizar um carro já que o atendimento de urgência pode, muitas vezes, pode demorar a chegar. 

Qual é o custo para alugar um carro

Por fim, mas não menos importante, vamos falar sobre os custos com aluguel de carro, que geralmente são as diárias, taxas e seguro automotivo (prevenção de despesas extras ou sinistros).

Geralmente, as locadoras oferecem três formas de pagamento: dinheiro à vista, cartão de débito ou de crédito.

Vale lembrar que elas exigem disponibilidade na margem de um cartão de crédito como caução para a viagem.

Isso não significa que você está alugando no cartão de crédito, apenas que está reservando uma parte do limite caso aconteça algum incidente de trânsito.

Se todo o trajeto ocorrer bem, como é esperado, o valor é liberado no seu cartão sem cobrar nada.

Ou seja, o cartão é necessário apenas para reservar um limite de risco, mas não é necessário usá-lo como método de pagamento.