seg. nov 28th, 2022

A Fendi é uma marca de moda que é praticamente sinônimo de luxo. A marca italiana é conhecida por suas bolsas ousadas, confeccionadas com uma precisão impecável, sem falar no seu logo característico “F” duplo.

Por quase 100 anos, a casa de moda tem se esforçado, inspirando suas mentes criativas para fazer coisas inovadoras, ao mesmo tempo em que mantém as coleções inspiradoras e acessíveis para seus clientes fiéis.

Ainda administrada pela família, a marca é a mesma que viu um jovem florescer como diretor artístico, o que levou a Fendi às massas e mostrou aos clientes como certos materiais podem ser impressionantes e diferentes.

É hora de voltar no tempo e conhecer um pouco mais sobre as origens dessa marca italiana de luxo.

Início da Fendi

Esta incrível e poderosa casa de moda foi fundada em 1925 pela equipe de marido e mulher, Adele e Edoardo, e começou simplesmente como uma loja de peles e couro, situada na região de Via del Plebiscito em Roma, Itália.

Em 1946, Edoardo morreu e foi então que Adele e os cinco filhos decidiram assumir o negócio. Tiveram a mentalidade de dividir e conquistar, evidentemente, à medida que cada um dos filhos tomou a decisão de se especializar em uma determinada área do negócio.

Por exemplo, uma das crianças se concentrou na parte relacionada à pele do negócio, enquanto outra trabalhava exclusivamente no setor de couros da marca. Um deles até optou por incrementar as relações públicas e a parte de vendas do negócio, levando a marca, e a empresa familiar, a um nível muito mais alto.

As cinco crianças eram todas mulheres, filhas muito inteligentes e motivadas de seus queridos pais, com quem aprenderam muito sobre o negócio ao longo dos anos. Cada uma das irmãs, Anna, Franca, Alda, Carola e Paola, tem o negócio em seu sangue e seus melhores interesses no coração.

Foi nesse ponto que eles começaram a procurar, buscar e encontrar o apoio de designers de moda emergentes na indústria.

Evolução da marca

Em 1965, Karl Lagerfeld foi recebido na empresa. Como diretor de criação, Lagerfeld teve a ideia do icônico emblema duplo “F”. 

Embora muitas casas de moda hoje não apoiem ​​as vendas de peles, era um material muito procurado na época. Lagerfeld impulsionou a marca no mercado de peles, tornando a marca uma das principais fabricantes de itens de peles. 

Em vez de usar pele apenas para fazer casacos de pele, Lagerfeld decidiu usar o material em designs prontos para vestir, acessórios e qualquer outra coisa que viesse à sua mente. Isso tornou os produtos de pele mais acessíveis para o cliente médio da Fendi e deu ao material um propósito totalmente novo.

Adele faleceu em 1978, provocando mudanças na hierarquia da marca. Cada uma das cinco filhas assumiu alguma parte da grife, com Lagerfeld permanecendo como chefe dos criativos. A marca continuou a crescer e evoluir, marcando o ritmo no mercado da moda de luxo, inovando continuamente, mas mantendo suas origens italianas.

O ano de 1980 foi um ano de grandes mudanças para a marca, pois ela passou a conquistar o mercado de moda mundial. Com as netas da família também envolvidas na administração do negócio. Elas ajudaram a projetar novos itens e fizeram a marca crescer ainda mais.

Fendi hoje

Nos últimos anos a marca tem adotado novas tecnologias tanto nas suas peças como nos seus desfiles memoráveis. Em 2018, a marca atingiu 1 bilhão de euros, o equivalente a 7 bilhões de reais em vendas anuais e, naquele ponto, a marca contava com 3.000 funcionários em todo o mundo

Em setembro de 2020, a posição de Karl Lagerfeld como diretor artístico da coleção de roupas femininas da marca foi assumida por Kim Jones e o futuro parece brilhante para esta empresa incrível.

Peças de sucesso

Podemos dizer que as peças de maior sucesso da Fendi são as incríveis bolsas que a marca tem fabricado desde 1997.

Bolsa Baguette

A bolsa Baguette, desde o seu lançamento tem feito muito sucesso, inclusive no mundo dos famosos. Artistas como Madonna, Naomi Campbell e Julia Roberts foram vistas com a bolsa.

E, hoje, a Baguette ainda pode ser vista em fashionistas de todo o mundo. E desde 1997, existem mais de 1000 versões!

Bolsa Peekaboo 

Desde o seu lançamento em 2008 essa peça ganhou atenção devido ao seu design inovador. O recurso bolsa canguru se tornou instantaneamente reconhecível nos círculos da moda e permaneceu como uma peça de colecionador cobiçada por editores de moda e estrelas do estilo de rua.

Além das bolsas incríveis, a marca também possui maravilhosas coleções de roupas, óculos e chapéus.

Sem dúvidas a Fendi ainda tem muito a oferecer ao mundo da moda, pois os seus designers são clássicos e ao mesmo tempo inovadores.