seg. nov 28th, 2022

Ter motivação no trabalho é essencial para alcançar o sucesso profissional e para atingir as metas propostas pela empresa. 

Ela está relacionada à produtividade e à satisfação profissional, gerando impactos holísticos ao negócio.

Mas, a verdade é que não é fácil se sentir motivado para o trabalho todos os dias, sendo necessário um esforço diário por parte da corporação para manter os colaboradores engajados com as atividades do dia a dia.

O departamento de recursos humanos é o responsável por esse processo, fazendo com que um esforço para se sentir motivado seja algo mais natural.

Entretanto, isso requer conhecer o comportamento dos funcionários porque a motivação não pode ser alcançada da mesma forma que era antigamente.

Antes, os profissionais se sentiam dispostos e mais motivados apenas com o pagamento de um bom salário. Hoje em dia, isso mudou, e passou a ser importante atuar por meio de outras práticas.

Isso acontece porque as pessoas sabem que a saúde mental é muito importante. Neste artigo, vamos falar sobre a importância da motivação de equipes, mostrar o papel do gestor nesse processo e dar algumas dicas de como motivar o time.

Importância da motivação

A motivação é importante e muitas empresas buscam maneiras de manter seus colaboradores motivados. 

Para se ter uma ideia da importância desse conceito, atualmente, 56% dos trabalhadores brasileiros se sentem insatisfeitos.

Tendo em vista a crise econômica e o desemprego batendo recordes, chega a ser triste ver tantas pessoas se sujeitando a um trabalho que não traz satisfação, apenas para se manter no emprego.

Negócios dos mais variados tipos, como um de impermeabilização de estofados automotivos, procuram maneiras de reverter o quadro, mesmo porque, 96% dos profissionais acham importante que as companhias ofereçam recompensas.

Criar um programa para recompensar os colaboradores é uma maneira de motivá-los, e isso pode ser feito por meio de várias estratégias, como:

  • Dinheiro;
  • Vale presentes;
  • Ingressos de cinema;
  • Brindes;
  • Viagens.

Esses mesmos profissionais também valorizam o reconhecimento por parte da corporação, por meio de elogios, feedbacks, dentre outras possibilidades para valorizar o desempenho do funcionário.

Só que essa não é a realidade de muitas empresas, o que acaba por ocasionar profissionais desmotivados com seus trabalhos, o que desencadeia outros problemas.

Um deles é a diminuição da produtividade, visto que se os colaboradores não estão motivados, não produzem da maneira como deveriam.

Se a pessoa enxerga sua tarefa como algo penoso, é bem provável que não consiga completá-la, o que acaba por impactar os resultados da corporação.

Alguns recursos simples, como climatização de ambientes comerciais, fazem com que os colaboradores se sintam bem no ambiente de trabalho. Mas, quando a empresa não oferece nada nesse sentido, há uma considerável redução da qualidade.

A corporação consegue manter uma produtividade razoável, mesmo quando os funcionários estão desmotivados, mas, certamente, a qualidade não será a mesma.

Isso representa um risco para a maneira como o público enxerga a marca, uma vez que uma queda na qualidade dos produtos e serviços pode impactar a satisfação das pessoas.

Não podemos deixar de dizer que um trabalhador desmotivado afeta de maneira negativa o clima organizacional, fazendo com que os colegas de trabalho também se sintam insatisfeitos.

Quanto mais pessoas insatisfeitas, maior a rotatividade de funcionários dentro da empresa. 

Nada mais natural do que buscar outras oportunidades no mercado quando o local em que trabalhamos não oferece o suficiente.

A rotatividade é um problema porque reduz a capacidade produtiva, além de desencadear diversos gastos trabalhistas provenientes de desligamento, processo seletivo e contratação.

Se a rotatividade está alta, é um sinal de que a gestão de pessoas está com algum problema. Nesse contexto, é fundamental aumentar a motivação para reter os talentos.

O papel do gestor na motivação

A motivação não precisa ser vista como um fator coletivo, mesmo assim, raramente um colaborador vai se manter motivado por conta própria. 

Entretanto, quando essa situação afeta toda a equipe, o desafio é maior, pois isso engloba muitos fatores.

Dentro de um fabricante de domos de policarbonato, uma figura muito importante é o gestor ou líder de equipe. 

Juntamente com o time, seu papel é alinhar as métricas e elaborar estratégias para aumentar a motivação dos colaboradores.

Para conseguir bons feitos, é fundamental saber lidar com a motivação individual, entendendo os objetivos pessoais e profissionais de cada membro da equipe. Também é muito importante fazer com que as pessoas pensem de maneira positiva.

Os gestores também são humanos, por essa razão, é natural que também se sintam desmotivados ou que tenham um problema pessoal que pode impactar seu desempenho.

O importante é não transmitir esses sentimentos para a equipe, pois pode fazer com que os funcionários se sintam da mesma forma.

O RH também tem um papel importante na motivação dos colaboradores, trabalhando aspectos importantes.

Ele auxilia os líderes no incentivo da equipe, oferece respaldo para que os gestores tenham mais autonomia e novas ideias, reconhece o trabalho dos indivíduos, garante um clima organizacional harmonioso e oferece feedbacks constantes.

É papel do RH manter os profissionais motivados, o que garante que os colaboradores se sintam mais produtivos e satisfeitos, e para trabalhar melhor essa questão, algumas estratégias são indispensáveis.

Como motivar a equipe

As avaliações psicológicas mostram claramente como está a motivação da equipe. Mas, mesmo que a empresa não possa investir nessa prática, outras estratégias podem motivar os colaboradores. 

Oferecer um ambiente agradável

O clima organizacional interfere muito na maneira como as pessoas se sentem dentro da empresa, por essa razão, é imprescindível garantir um ambiente de trabalho produtivo e agradável.

A companhia deve oferecer cadeiras confortáveis, decorar os ambientes com plantas, investir em uma boa iluminação e janelas grandes para manter o espaço sempre ventilado.

Até mesmo na linha de produção, um fabricante de adesivo para vidro personalizado procura manter o ambiente limpo, climatizado e oferece todas as ferramentas necessárias para o trabalho da equipe.

Dar o direito de decisão

É muito difícil para qualquer profissional realizar as suas atividades do dia a dia sem poder tomar nenhuma decisão. Quando isso acontece, é natural que se sintam desmotivados.

Por outro lado, quando a companhia oferece o poder de decisão em alguns pontos, o funcionário sente que é importante e que a empresa confia em sua capacidade de resolver problemas atrelados aos seus afazeres.

Lembrando que as regras são importantes, mas toda regra tem sua exceção, assim sendo, sempre que possível, permita que os colaboradores decidam como executar suas atividades da melhor maneira.

Estabelecer metas

Um fabricante de tinta para sala tem suas próprias metas, e elas ajudam a motivar a equipe, principalmente quando os colaboradores podem receber alguns prêmios, toda vez que elas forem alcançadas.

A sensação de alcançar uma meta estimula a buscar as próximas, em outras palavras, aumenta a motivação para alcançar os objetivos do negócio.

Mas, veja, na hora de estipular as metas, é muito importante que elas sejam alcançáveis e que os funcionários recebam prêmios, toda vez que uma delas for alcançada.

Reconhecimento

Toda organização, como um fabricante de persiana horizontal 2 metros, deve reconhecer os valores de seus funcionários.

Afinal, cada indivíduo possui habilidades diferentes, e reconhecê-las é mostrar seu valor. A pessoa se sente valorizada, o que eleva sua autoestima e aumenta a sua motivação. 

Ao pedir para o funcionário realizar uma tarefa, o gestor pode dizer que ele é a pessoa mais indicada para o trabalho.

Além de aumentar a autoestima e a motivação, esse tipo de abordagem também faz com que o colaborador se sinta mais confiante.

Oferecer tratamento igualitário

Tratar todos da mesma forma promove e mantém a motivação da equipe. Infelizmente, em companhias que ainda usam um modelo de gestão vertical ainda existe muita distinção entre cargos e tarefas.

Esse tipo de atitude, além de ser antiética, faz com que os funcionários de determinados setores se sintam diminuídos.

Por outro lado, se uma escola de cursos técnicos escolhe um modelo de gestão horizontal, promove a igualdade entre todos os profissionais, algo que os deixa motivados e ainda melhora o clima organizacional.

Conclusão

Sendo assim, motivação é a palavra-chave para que uma empresa consiga alcançar seus objetivos no mercado. Os funcionários são a força motriz e sem eles, dificilmente a companhia chega aonde quer.

Eles precisam ser valorizados e recompensados diariamente, para que se sintam parte da corporação e busquem os objetivos dela. Isso acaba por impactar a imagem da empresa como marca perante os consumidores.

Motivar os funcionários é investir em uma série de estratégias simples, mas que fazem toda a diferença no dia a dia de trabalho.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.