sáb. nov 26th, 2022
como o estilo de música lo-fi contribui para o sono

Música instrumental, calma e constante ajuda a criar o “efeito casulo”. Entenda como e saiba onde escutar

Ter uma boa noite de sono é um dos principais pontos de uma boa qualidade de vida. É durante o sono que o corpo e a mente recarregam suas energias para começar um novo dia. Sem isso, é possível notar aumento do estresse, problemas de concentração, humor alterado e problemas na saúde física.

Entretanto, conseguir dormir bem é uma dificuldade para muitos, o que pode ser angustiante e atrapalhar diversos aspectos da rotina. Encontrar maneiras de relaxar o cérebro pode ajudar nesse problema, e a música lo-fi está sendo muito utilizada para esse objetivo. Entenda o que é o gênero lo-fi e por que o estilo pode ajudar você a dormir bem!

O que é o lo-fi

Apesar de muitas vezes ser tratado como estilo musical, o termo lo-fi está, na verdade, relacionado à qualidade do som da música. O termo vem de “low fidelity” (“baixa fidelidade”, em português) e remete a algo feito sem muita produção, de maneira “caseira” e experimental. Foi criado pelo DJ William Berger, em 1980, que tocava apenas músicas feitas dessa maneira em sua rádio.

As músicas são, em sua grande maioria, instrumentais. Ou seja, não contam com letras e vocais. No meio da melodia, é possível notar pequenos ruídos, como barulho de chuva, papel, bolhas e muitos outros, sem contar os sons causados pela produção mais simples, como de fita cassete e até instrumentos infantis em alguns casos.

A estética pode ser aplicada junto a outros estilos, sendo os mais comuns o lo-fi hop (do hip hop) e o lo-fi jazz, que reúnem elementos desses gêneros com a simplicidade e previsibilidade do lo-fi.

Os grandes diferenciais da música lo-fi são esses: sua leveza e ritmo lento (entre 70 e 90 batidas por minuto), além da manutenção da mesma estrutura por toda a música, sem grandes mudanças. É exatamente por isso que a música lo-fi se tornou companhia para o trabalho, lazer e até hora de dormir.

Porque o lo-fi pode ajudar na noite de sono

Quando você ouve uma nova música, seu cérebro fica em estado de atenção para entender o que está por vir. O estado de atenção, por sua vez, é responsável pela liberação de adrenalina, que pode ser bem-vinda em uma festa ou um show, mas pode atrapalhar a concentração e o relaxamento em momentos em que estes são necessários.

A previsibilidade do lo-fi é o que o torna perfeito para momentos que exigem mais concentração e relaxamento do cérebro. Isso, porque o ritmo lento, as batidas em loop e a estrutura musical constante, sem falas, fazem com que o cérebro não precise prestar atenção na música, dando espaço para se concentrar em outras tarefas ou, simplesmente, relaxar.

Por conta desse “efeito casulo”, as músicas lo-fi começaram a ser utilizadas para momentos de trabalho, mas também de relaxamento, como a hora de dormir, fazendo com que o cérebro se concentre nos sons calmos e constantes e excluindo estímulos externos que podem causar insônia ou uma noite de sono agitada.

Assim, quem sofre com problemas para pegar no sono ou relaxar de verdade na hora de dormir pode encontrar no lo-fi uma maneira de se desconectar dos problemas do dia a dia e descansar de verdade.

E a música não é indicada apenas para combater os problemas de sono: também pode ser utilizada para acalmar a mente em um dia estressante ou para ajudar na meditação. Em conjunto, todas essas ações podem contribuir com uma boa noite de sono.

A popularidade do lo-fi

Apesar das músicas lo-fi terem surgido já há algum tempo (os primeiros DJs conhecidos — J Dilla, dos Estados Unidos, e o produtor Nujabes, do Japão — começaram em 2000), foi nos últimos anos que o movimento ganhou força. A pandemia também foi uma impulsionadora do lo-fi, utilizado por muitos para manter a concentração no trabalho home office.

Uma das maneiras mais conhecidas de escutar lo-fi é no YouTube, no canal Lofi Girl, criado em 2015 e que faz lives 24 horas apenas com músicas lo-fi com um desenho de uma menina estudando. Não importa quando você acessar a “rádio virtual”, sempre haverá pessoas de todo o mundo no chat, falando o que irão fazer enquanto ouvem o som.

Além deste canal, o mais popular do estilo, existem outros que misturam elementos e estéticas, sempre com o mesmo objetivo: ajudar no foco na hora de estudar e trabalhar ou para dormir. Existe também a versão brasileira, com mistura de bossa-nova e MPB, criado por DJs brasileiros, com o desenho de uma menina negra estudando ao lado de seu cachorro caramelo.

Veja como e onde escutar lo-fi para relaxar

As principais formas de escutar lo-fi são canais no YouTube ou playlists em plataformas de streaming de música. Veja algumas opções!

YouTube

Playlists no Spotify

Playlists no Deezer