sáb. jan 28th, 2023

Conheça essa técnica que pode salvar a vida do seu animal de estimação

Infelizmente, ninguém está livre de passar por uma intoxicação alimentar ou um envenenamento, principalmente os animais de estimação. Seja por acidente ou ação mal intencionada de pessoas, isso acontece e é um caso muito presente nos locais de atendimento de emergência veterinária. É justamente nessa hora que entra o carvão ativado como um bom aliado. 

Existem diversos casos de envenenamento em pets no Brasil. Muitos deles ocorrem por má intenção de pessoas, e geralmente não são notificados. Além disso, há casos de ocorrências acidentais, como o animal ingerir algo indevido, que faz mal, ou até mesmo por alimentos e rações contaminadas.

Se algum desses casos acontecer com seu pet, você pode contar com a eficiência do carvão ativado para te ajudar a cuidar do animal no momento da emergência.

O que é o carvão ativado?

O item é uma substância porosa e tem função absorvente, por isso é tão eficiente em casos de envenenamento. O carvão ativado promete absorver rapidamente as toxinas, evitando que elas entrem em contato com o organismo do pet e cause um quadro ainda mais grave.

O carvão ativado é conhecido como um antídoto para esses momentos, principalmente em cachorros, e se tornou popular para esse tipo de problema pois é confiável e indicado pelos médicos veterinários. Porém, vale lembrar que essa é uma opção para fazer em casos de emergência, para evitar danos maiores. No entanto, é imprescindível que o animal seja levado imediatamente ao profissional em caso de envenenamento.

Como utilizar o carvão ativado?

Caso não seja possível levar o pet imediatamente ao veterinário, o carvão ativado deve ser utilizado. Ele geralmente é vendido em sachês em farmácias e petshops e precisa ser diluído em água e oferecido ao animal com uma seringa, via oral.

Lembrando que o pet precisa estar consciente e a ingestão do antídoto deve ser feita em até 2 horas após o primeiro sintoma de envenenamento ou intoxicação. A quantidade de carvão ativado depende do tamanho e do peso do animal, por isso, leia a bula ou as instruções na embalagem do produto.

Além disso, algumas situações não podem ser resolvidas ou solucionadas com o carvão, como no caso de ingestão de plantas tóxicas, água sanitária, naftalina e cloro.

Possíveis reações

De acordo com os especialistas, se for administrado de forma correta, o carvão ativado não oferece riscos à saúde dos pets. Além disso, ele pode absorver até 75% das toxinas, então vale a pena utilizá-lo.

Porém, é normal que após o uso o animal tenha alguns sintomas, como fezes enegrecidas e até constipação. Após alguns dias, as reações irão passar e não prejudicarão a saúde do animal.

Como saber se meu pet está envenenado?

Nem sempre o carvão ativado é o suficiente para eliminar as toxinas e salvar o animal. Existem algumas substâncias ilegais, usadas para envenenar animais, e até mesmo produtos do nosso dia a dia, como o cloro, que não são absorvidos pelo carvão ativado. 

Por isso, é importante estar de olho nos sintomas e, caso eles persistam, é essencial levar o pet ao médico veterinário, antes que algo mais grave aconteça. Confira abaixo os principais sintomas apresentados em casos de envenenamento animal.

  • Excesso de saliva.
  • Tremores nos músculos.
  • Muitos vômitos e diarréia.
  • Desorientação e convulsões.
  • Dificuldade em ficar em pé e andar.
  • Falta de coordenação motora.
  • Pupilas dilatadas.
  • Focinho, orelhas e membros muito frios.
  • Inchaço da língua.
  • Coração acelerado e ofegação.

Aproveite e leia também: Combinação de frutas e legumes auxilia na hidratação dos pets em dias quentes.