qui. fev 22nd, 2024

O local é um dos mais importantes para a história de São Paulo e do país 

Presente na capital paulista, mais precisamente na Zona Sudeste da cidade, ele é um dos bairros históricos mais conhecidos. O bairro do Ipiranga tem um reconhecimento nacional por tudo que ele representa para o Brasil.

Quando falamos sobre a palavra “Ipiranga”, a primeira coisa que nos vem à cabeça é o hino nacional, afinal, o famoso “Ouviram do Ipiranga às margens plácidas” fala a respeito do grito de independência feito por Dom Pedro I, em sete de setembro de 1822, um dos fatos mais importantes da história do país.

O nome do bairro paulista não é apenas uma homenagem à proclamação da república, mas é uma marca histórica deste dia. Foi nessa região, mais precisamente às margens do rio Ipiranga, que Dom Pedro I declarou a independência do Brasil e marcou o nome do bairro paulista.

Apesar do nome cheio de história, estudiosos afirmam que o bairro Ipiranga já era conhecido muito antes. Os primeiros registros da região começam por volta dos anos 1510, quando um explorador vindo de Portugal, João Ramalho, chegou à São Paulo para viver com os moradores do local na época, os índios Guaianazes. 

Ainda no século XVI, por volta de 1580, o Ipiranga já contava com mais de mil habitantes, a grande maioria branca. Esse fato se deu porque os índios não se adaptaram aos costumes europeus e migraram para outros locais. 

A localização privilegiada, por ser perto do caminho que leva ao mar, fez com que o local crescesse, através de sítios, fazendas e comércios. Além disso, a proximidade com o porto de Santos também foi essencial para a industrialização e desenvolvimento do local, que é, até hoje, forte no ramo comercial. 

Características do Ipiranga

O bairro, além de ser comercial, também é residencial e traz a Avenida Nazaré, conhecida por ser a principal via. Paralelamente à avenida, fica o “miolo do Ipiranga”, que é a junção de diversas ruas estratégicas, como a Manifesto, a Tabor e a Comandante Taylor. Elas são a parte mais valorizada do bairro e uma das mais famosas. 

O bairro da Zona Sul conta com diversos pontos importantes para a história de São Paulo e do Brasil, como o Parque da Independência e o Museu do Ipiranga. Neste parque é onde fica o monumento que é o símbolo da Independência do Brasil, já que é lá que foi consagrado o grito que fez o país ser independente. 

De acordo com informações da Prefeitura de São Paulo, o Ipiranga conta com uma área territorial de mais de 11km² e uma população de mais de 106 mil pessoas. Além disso, a região também tem como parte integrante os bairros Cursino e Sacomã.

De onde vem o nome do bairro?

Não há uma conclusão exata sobre o nome “Ipiranga”, mas, de acordo com informações da Prefeitura de São Paulo, o mais provável é que o nome venha de origem tupi, e significa “rio vermelho”. O termo seria uma referência ao rio local, que tem águas turvas e escuras, conhecidas como “barrentas”.

Atrações turísticas

Como citado acima, o bairro conta com o Museu do Ipiranga, um dos mais famosos da cidade, e o Parque da Independência. Além disso, também atrai turistas de todo lugar do mundo por outros museus, como o de Zoologia da USP, o Aquário de São Paulo e até mesmo pela gastronomia, como a sorveteria Damp, fundada há mais de 50 anos.

Alguns outros locais famosos pela gastronomia no local são o restaurante Paellas Pepe, o Nico Pasta & Basta e Hambúrguer do Seu Oswaldo. Para quem gosta de esportes, ainda há diversas opções de clubes, como o Atlético Ipiranga e o Sesc.