sex. jun 21st, 2024
Portrait of handsome young man holding hands over chin, expressing fright and being terrified by something he sees, standing against gray background. Guy can not calm down after witnessing crime scene.

O inchaço na boca é um sintoma caracterizado pelo aumento anormal de volume em qualquer área da cavidade oral, como lábios, língua, gengivas, bochechas ou céu da boca. Pode ser causado por uma variedade de condições, desde traumas e infecções até reações alérgicas e doenças crônicas.

Neste texto vamos trazer algumas das possíveis razões para o inchaço na boca:

Câncer bucal: Embora seja uma causa menos comum, o câncer na boca ou câncer bucal pode se manifestar como um inchaço persistente. É importante ficar atento a quaisquer mudanças na boca, como lesões que não cicatrizam, úlceras persistentes ou manchas suspeitas.

Alergias: reações alérgicas a alimentos, medicamentos, picadas de insetos ou substâncias irritantes podem causar inchaço nos lábios, língua ou em toda a boca. Junto com o inchaço, pode haver coceira, dificuldade respiratória, tosse e sensação de algo na garganta.

Saiba maisPesquisa nacional de saúde bucal tem data prorrogada

Infecções dentárias: cáries, abscessos ou infecções nas raízes dos dentes podem levar ao inchaço das gengivas, provocando dor e desconforto. A periodontite, uma infecção grave das gengivas, também pode causar inchaço.

Os inchaços podem vir acompanhados de sangramento, mau cheiro na boca e até febre. Os lábios também podem sofrer inflamações causadas por espinhas, foliculite ou algum trauma, como pelo uso do aparelho.

Piercing na boca: a colocação de um piercing na boca envolve perfurar a pele e inserir uma joia de metal na região. Esse processo pode levar a uma resposta inflamatória do corpo, causando inchaço e vermelhidão na área.

Nos primeiros dias após a colocação do piercing na boca, é comum ocorrer inchaço ao redor da joia e na região circundante. Isso ocorre como uma reação natural do corpo à perfuração e ao trauma causado pelo procedimento. O inchaço pode ser mais pronunciado nas primeiras 48 a 72 horas, diminuindo gradualmente ao longo do tempo.

Saiba maisAplicativo antiestresse, pautado na medicina integrativa, acaba de ser lançado

Traumas: ferimentos ou lesões na boca, como mordidas acidentais, quedas ou golpes, podem resultar em inchaço e inflamação localizada. É importante monitorar qualquer inchaço que não desapareça ou piore com o tempo.

Herpes: o herpes na boca pode causar um inchaço nos lábios, além dos demais sintomas como a sensação de dormência e o formigamento na boca e as pequenas bolhas que se formam no local. Outras infecções, também podem causar o inchaço na boca como a candidíase, devido ao aumento da proliferação de micro-organismos que elas provocam.

Úlceras na boca: aftas ou úlceras orais podem causar inchaço na área afetada, além de dor e sensibilidade. Essas lesões geralmente são pequenas, com bordas brancas ou amareladas e centro avermelhado.

Doenças periodontais: a gengivite e a periodontite, condições que envolvem a inflamação e infecção das gengivas, podem levar ao inchaço e vermelhidão na boca. O sangramento durante a escovação e o mau hálito também são comuns.

Saiba maisA importância do sono para a saúde: benefícios e dicas para uma noite de descanso reparadora

Sialadenite: é a inflamação das glândulas salivares, geralmente causada por uma infecção bacteriana. O inchaço ocorre nas bochechas e pode ser acompanhado por dor, febre e dificuldade para engolir.

Mucocele: É um cisto benigno que se forma quando uma glândula salivar é bloqueada ou danificada. Causa inchaço na boca, normalmente nos lábios, céu da boca ou língua, e pode desaparecer sozinho após algum tempo. A mucocele normalmente surge após morder os lábios ou depois de sofrer alguma pancada.

O inchaço na boca pode se apresentar de diferentes maneiras, dependendo da causa e da área afetada. Podendo variar de um leve inchaço perceptível até um inchaço mais pronunciado e doloroso.

Além disso, pode ser acompanhado de outros sintomas, como dor, vermelhidão, sensibilidade, calor, formigamento, prurido ou alterações na função da boca, como dificuldade para falar, mastigar ou engolir. É importante identificar a causa para buscar o tratamento adequado.

Quais são os cuidados necessários para melhorar o inchaço na boca?

Alguns hábitos simples podem ajudar a melhorar esse inchaço na boca, como:

  1. Use compressas frias.
  2. Evite alimentos e bebidas irritantes.
  3. Mantenha uma boa higiene bucal.
  4. Não toque ou mexa no piercing.
  5. Consulte um profissional para medicamentos anti-inflamatórios, se necessário.
  6. Evite fumar e consumir álcool.

Lembrando que o melhor tratamento é a prevenção, manter cuidados básicos podem evitar o inchaço na boca. Busque atendimento profissional caso o inchaço persista ou piore.

Se você estiver sofrendo com o inchaço na boca, é recomendado consultar um dentista, médico ou um especialista em doenças orais para um diagnóstico preciso.

Eles avaliarão seus sintomas, histórico médico e realizarão exames se necessário. O tratamento dependerá da causa subjacente, variando de medicações e cuidados locais a procedimentos específicos, quando necessário.