seg. nov 28th, 2022

Para quem tem um negócio, é muito importante saber como fazer um rebranding, pois isso contribui para que a empresa posicione a marca junto ao público correto e gerencie a imagem durante momentos de crise, inovando quando necessário. 

Esse tipo de estratégia também é importante quando a empresa deseja investir em outro segmento para sua marca, assim como quando estabelece um novo público-alvo, desenhando a estratégia e identidade do negócio de forma clara para atrair o público que se relacione com o empreendimento.

Ou seja, são vários motivos que devem ser levados em conta para a realização da estratégia do rebranding. Por isso, essa estratégia deve ser bem planejada, não podendo ficar de fora do seu negócio – principalmente se desejar se posicionar corretamente.

Existem algumas estratégias relacionadas à gestão de marca e que são essenciais para a criação do modelo de negócio, assim como para o reposicionamento empresarial.

Para que sua empresa não se torne obsoleta, aproveitando as oportunidades e tendências do mercado para desenvolver e posicionar o empreendimento junto a nosso público, neste artigo você verá como fazer uma estratégia de rebrading, assim como os motivos para isso, acompanhando dicas para identificar a melhor hora de fazê-lo.  

Em alguns momentos, é necessário mudar!

Às vezes, as marcas precisam mudar seu posicionamento. Isso pode ocorrer por vários motivos.

Por exemplo, a empresa pode precisar gerenciar um momento de crise de imagem por algum acontecimento externo que a impactou de alguma forma. 

Além disso, pode passar por um processo de amadurecimento e, até mesmo, desejar inovar em relação a um segmento no mercado, expandindo a atuação. 

Isso porque algumas marcas passam a agregar novos serviços ou que mudam sua direção. Por exemplo, uma empresa de gestão condominial pode investir somente em alguns tipos de segmento, como a administração de residências, mas posteriormente adotar condomínios mistos, que também são corporativos.

Quando essas ações ocorrem, a marca precisa ficar em evidência para o cliente, de modo que continue a ser relevante. 

Em todos os casos o rebranding pode se fazer necessário. 

Isso porque as estratégias de branding surgem para contribuir com a definição e fortalecimento da identidade de uma marca, contribuindo com uma mudança adequada e bem posicionada, melhorando o gerenciamento da marca. 

Nas estratégias de rebranding também pode ocorrer uma mudança na linguagem e na forma de se comunicar a partir das demandas e necessidades do público-alvo. 

Essa ação de análise é extremamente necessária, afinal, o público-alvo de uma financiadora de carros será diferente de uma loja de alimentos veganos, assim como muda ao se tratar de um ambiente hospitalar focado no atendimento infantil. 

Algumas marcas precisam ter uma linguagem mais humanizada, descolada ou formal e isso é influenciado pela estratégia e direcionamento de como a empresa irá se posicionar diante do público-alvo. 

Assim, é preciso entender essas especificidades para promover um melhor relacionamento e criar uma identidade e linguagem mais adequada a esses públicos, impactando até nos canais usados.

Com esse conhecimento acerca do conceito e da definição do que é o rebranding, vamos entender sua importância no mercado?

A importância de investir no rebranding

É muito importante que sua empresa decida investir nas estratégias que são direcionadas para a área do branding para fortalecer a imagem da marca de forma adequada no imaginário do público, definindo quais definições e sentimentos deseja se relacionar. 

O primeiro passo que deve motivar essa decisão é a identificação de como está a situação da empresa. 

Ou seja, é importante verificar se existem lacunas de comunicação entre o público-alvo e uma empresa de cursos profissionalizantes, por exemplo.

Além disso, é importante identificar se existem problemas relacionados à crises de imagem. 

Por isso, os investimentos nessa área são essenciais para:

  • Reposicionar sua marca de forma positiva no mercado;
  • Contribuir para que a empresa consiga atingir suas metas;
  • Fazer com que a empresa fale corretamente com seu público-alvo;
  • Acelerar o processo de gerenciamento de crise.

Ou seja, em alguns momentos a empresa pode decidir mudar algumas estratégias para redirecionar seu público-alvo e, em outros, a imagem pode se ver afetada de forma negativa, fazendo com que o reposicionamento seja necessário, demandando ações mais específicas para remissão de danos.

Para que essa estratégia seja ainda mais eficiente, ela precisa ser feita de modo completo, ou seja, envolvendo a mudança na linguagem, o investimento em ações de marketing, elementos de comunicação visual (como logotipo), assim como uma aplicação sobre o que é o conceito da sua marca e empresa. 

Vamos compreender na prática como aplicar isso em seu negócio, seja ele de locação de impressoras ou de outro segmento, nos tópicos a seguir.

Entenda o rebranding na prática 

O primeiro passo para compreender o momento em que uma estratégia de rebranding é necessária se dá por meio do feedback entre os setores, assim como uma análise da situação empresarial e recepção da mensagem pelo público (como em uma análise de sentimento).

Essa é a fase em que um diagnóstico empresarial precisa ocorrer, a partir do entendimento sobre a situação econômica da empresa e levando em consideração aspectos inerentes aos concorrentes e mudanças que são necessárias no mercado. 

A partir dessa identificação prévia que deve ser feita com a integração entre as equipes e os gestores da empresa de climatizadores evaporativos, vamos entender 3 passos que contribuem para a prática do rebranding dentro do ambiente empresarial. 

  1. Defina a identidade visual 

Toda empresa precisa pensar em uma forma de ser lembrada pelo cliente. Diante disso, a identidade visual de uma marca trabalha para que a empresa desenvolva cores e elementos que sirvam de associação à sua imagem. 

É muito importante que ao trabalhar com a identidade visual, esses elementos estejam relacionados e não descaracterizem a marca. 

Ou seja, não dá para fazer uma mudança radical do seu layout, logotipo ou slogan. 

Isso poderia trazer confusão no cliente, que ficaria sem entender de que aquela identidade visual tem referência à sua empresa. 

Isso não quer dizer que o logotipo não pode se modernizar e, com o passar do tempo, ir sofrendo alguns ajustes e aperfeiçoamentos. Mas, esse processo não pode tirar a caracterização básica de reconhecimento da marca sem os devidos pronunciamentos, pois a credibilidade já conquistada pode ser perdida aos clientes não reconhecerem a marca.

Diante disso, é essencial definir um equilíbrio na percepção das cores por meio do cliente e contar com uma equipe de marketing que ajude nesse processo de posicionamento e definição do logotipo. 

  1. Trabalhe o posicionamento da marca na mídia 

Com a identidade visual bem trabalhada e definida para uma empresa de assistência técnica informática, chegou o momento de posicionar a marca na mídia, assim como em canais que tenham relevância. 

Nesse aspecto, é muito importante que sua empresa trabalhe em cima da criação de redes sociais, assim como de canais de comunicação diversos e acessíveis para seu público-alvo. 

Isso representa dizer que os clientes precisam estar cientes de todas as mudanças que foram realizadas em sua marca e ter canais em que possam contactá-la rapidamente.

Isso quer dizer que é essencial ter atenção a aspectos relacionados à criação de vídeos, fotos e a publicação de materiais em canais que seu público esteja, de modo que eles fiquem por dentro de tudo que está acontecendo com sua marca. 

Uma ideia bastante interessante para que a mensagem atinja mais rapidamente o público é definir uma persona, ou seja, um personagem fictício que representa os seus clientes, e estabelecer quais temas se mostram mais compartilháveis junto a esse público. 

  1. Realize o monitoramento do público 

O público-alvo é um dos pontos essenciais para o funcionamento da campanha e do desenvolvimento de uma empresa. 

Diante disso, conhecer bem o público que faz parte da sua loja de piso de concreto polido e materiais de construção, por exemplo, é essencial para que seu negócio tenha sucesso. 

O monitoramento do seu público é essencial e isso pode ocorrer por meio dos canais de comunicação já utilizados, levando em conta a análise dos resultados das postagens em redes sociais, assim como a interação e compartilhamento de conteúdo em sites. 

O monitoramento de menções em outras mídias e a análise de sentimentos também são fundamentais para identificar melhorias possíveis e como o público geral percebe seu negócio.

Isso significa que é importante entender também o que o cliente (e o mercado) está achando dessas mudanças realizadas em sua empresa. 

Para que a campanha dê certo, é essencial que sua empresa trabalhe em cima da geração de uma expectativa no cliente, de modo a prepará-lo sobre o que vai acontecer em sua marca. 

Nesse sentido, é essencial que sua empresa busque conhecer a fundo seu público-alvo e trabalhe com materiais para criar expectativa sobre as mudanças que serão realizadas em sua marca.

Fazendo isso, o próximo passo é realizar o monitoramento, ou seja, identificar como foi recebido pelo cliente. 

Aspectos conclusivos

No decorrer da leitura deste artigo você deve ter percebido que toda empresa pode passar por algumas mudanças, que são influenciadas por várias situações, como crise da marca, mudanças no mercado/área de investimento e até mesmo mudanças de público, demandando um ajuste de rota sobre a imagem da marca e as estratégias de comunicação.

Para criar essa ação de reposicionamento de modo assertivo, uma recomendação é pensar em estratégias que já foram realizadas por outras empresas e que hoje são cases de sucesso. 

Esses elementos podem servir como inspiração a um negócio de cordoalha de aço ou de qualquer outro segmento que precise mudar.

Outro aspecto importante é contar com uma equipe de comunicação e marketing, que tem o conhecimento técnico sobre a comunicação necessária para a empresa, assim como do processo da criação de campanhas de divulgação e atração do potencial cliente e monitoramento da marca. 

Neste aspecto, contar com a equipe correta e com a especialização necessária também é importante para que um bom trabalho ocorra, impactando diretamente no resultado final e sucesso da empresa.

Por fim, vale a pena ressaltar a necessidade da integração entre os setores para que a empresa compreenda seu diagnóstico e passe a ser vista como uma autoridade na área de atuação.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.