qui. dez 1st, 2022

As ferramentas digitais para professores chegaram para reforçar as vantagens que as novas tecnologias trazem para a educação.

Essas ferramentas melhoram a qualidade das aulas presenciais e virtuais, do ensino híbrido e também da sala de aula invertida.

O acesso às novas tecnologias contribui ainda para que os professores criem novas experiências dentro da sala de aula.

Os resultados são alunos mais engajados durante a explicação e mais desenvolvimento, pois os professores conseguem criar aulas atrativas e ricas. 

Claro que para incluir essas ferramentas digitais, os professores precisam se capacitar para entender como podem usá-las no ensino.

A pesquisa TIC Educação 2018 mostrou que os professores estão indo atrás de conhecimento e escolhem temas de cursos relacionados a:

  • como usar tecnologias em sua própria disciplina de atuação;
  • como usar tecnologias em novas práticas de ensino;
  • como orientar os alunos sobre o uso seguro do computador, da internet e do celular.

Quer saber mais sobre as ferramentas digitais para professores? Continue a leitura e conheça algumas tecnologias que facilitam o dia a dia na sala de aula presencial e remota.  

O que são ferramentas educacionais?

As ferramentas educacionais são recursos analógicos ou digitais que servem de apoio para o método pedagógico das instituições de ensino.

O objetivo é facilitar a aprendizagem dos alunos, permitindo que eles entendam melhor o conteúdo das aulas, e também ajudar o professor a criar aulas mais ricas e interativas.

Como destacamos acima, os educadores estão buscando treinamento para se adaptar à nova realidade educacional e aprender a usar as ferramentas digitais para professores disponíveis.

Quais são as ferramentas digitais para professores na educação?

Existem diversas ferramentas digitais para professores disponíveis de forma gratuita ou paga na internet. Reunimos abaixo dicas das principais categorias e como incluí-las na sala de aula. Confira!

1. Jogos educativos 

Os jogos eletrônicos são ferramentas digitais para professores ideais para usar em aulas na pré-escola e na fase inicial da educação básica.

Os alunos que estão chegando para a alfabetização são da geração dos nativos digitais, ou seja, eles cresceram próximos de dispositivos tecnológicos como tablets, smartphones e videogames.

Por isso, a dinâmica dos jogos tem apelo entre eles. Se o professor associa o progresso no aprendizado a uma conquista, mesmo fictícia, os alunos se engajam melhor nas lições.

Esse método é chamado de gamificação e o professor pode incluir os jogos durante a explicação da matéria, montar uma aula completa baseada em uma ferramenta ou como atividade de fixação. 

Alguns exemplos de jogos educativos são: Mito da Caverna, Alfabetizando e Minecraft Education Edition.

Os resultados de cada aluno contribuem para uma avaliação melhor do aprendizado.

2. Canais de conteúdo digital

Muitas atividades que um professor cria para a sala de aula podem se expandir para além das paredes da escola ou aulas online.

Os canais de conteúdo digital como Twitter, Facebook, Dicord, Spotify e blogs, são alguns exemplos de ferramentas digitais para professores que podem entrar no plano de aula.

Com cada um deles, o professor pode:

  • criar um perfil no Twitter para divulgar as atividades de uma turma; 
  • montar um blog para a sala; 
  • criar um grupo no Facebook ou no Dicord para discussões e envio de materiais extra;
  • fazer um podcast da disciplina e publicá-lo no Spotify.

Dessa forma, não só os alunos, mas também os pais e a comunidade escolar local e até de outras instituições pode acompanhar o trabalho e desenvolvimento da turma.

A interação é uma combustivel para que os alunos se sintam engajados no aprendizado, afinal, todo mundo gosta de receber feedbacks positivos, não é mesmo?

3. Aplicativos de colaboração

Outra categoria de ferramentas digitais para professores são os aplicativos de colaboração.

Com os recursos tecnológicos, os professores conseguem interagir melhor com os alunos, além de criar mais interações entre eles.

A ferramenta Documentos do Google é um processador de texto que permite o compartilhamento do arquivo para que duas ou mais pessoas trabalhem na sua criação ao mesmo tempo.

Dessa forma, o professor pode propor trabalhos em grupo e mesmo cada aluno estando na sua casa, eles podem abrir o arquivo e abrir uma videoconferência pelo Google Meet para fazer a atividade.

Depois, o professor faz correções, deixa comentários e dá nota, que fica acessível para todos, facilitando a dinâmica de feedbacks. A mesma estrutura pode ser aplicada em trabalhos individuais.

Conheça outra ferramenta útil no artigo >>> Google Sala de Aula: o que é, como funciona e vantagens.

4. Livros digitais/Audiolivros

A leitura é fundamental para o aprendizado e desenvolvimento dos alunos na língua portuguesa. Com a tecnologia, é importante equilibrar as proporções de uso de cada mídia.

Entre as ferramentas digitais para professores, os livros digitais e os audiolivros são apoios pedagógicos importantes.

O formato digital facilita a leitura, que pode ser feita do celular ou do tablet. Já os livros em áudio também ajudam os alunos a se concentrarem e auxiliam aqueles que têm algum tipo de deficiência visual. 

Alguns exemplos de site de livros gratuitos são: Domínio Público, Universidade Falada, e Dentro da História.

5. Quadros digitais 

Os tempos de giz e quadro negro praticamente se foram. No lugar deles entra uma ferramenta digital para professores muito útil: o quadro digital.

Esse recurso funciona por meio de um aplicativo que gera uma tela em branco onde o professor consegue montar toda a estrutura da aula para apresentar enquanto explica a matéria.

Também é possível utilizá-lo para escrever na hora como um quadro comum. A diferença é que nenhuma palavra ou figura fica ilegível, pois o próprio sistema ajusta o que foi escrito. 

Um exemplo desse tipo de ferramenta é o Jamboard, criado pelo Google. O aplicativo pode ser usado no computador ou tablet, mas também existe a opção de comprar uma tela móvel de 55 polegadas que pode ser usada por todos os professores da escola. 

Aposte nas ferramentas tecnológicas para professores 

Agora que você já conhece as ferramentas digitais para professores, para colocá-las na sua rotina de trabalho e no dia a dia dos alunos, é importante planejar bem os planos de aula.

As turmas devem enxergar a tecnologia como ferramentas de aprendizado e não de entretenimento.

Então, tenha objetivos claros para as aulas e analise como a tecnologia pode agregar no processo. Bom trabalho!

Este post é de autoria da Safetec Educação, uma empresa com mais de 10 anos de mercado, obcecada em criar experiências na área educacional, através de soluções simples e colaborativas, que gerem resultados.