dom. nov 27th, 2022

O Bitcoin é a moeda digital mais promissora do momento e, justamente por isso, tem atraído cada vez mais interessados em investir nessa nova forma de dinheiro totalmente virtual.

Qualquer um pode comprar Bitcoin. Porém, por se tratar de um assunto recente no mercado financeiro, poucas pessoas sabem como fazer isso. Logo, o risco de cair em golpes ou fazer negociações inadequadas aumenta.

Por isso, é preciso conhecer os caminhos para fazer um investimento seguro em criptomoedas. A seguir, você vai entender o que é necessário para entrar nesse mercado

Aprenda como investir em bitcoin com segurança?

Embora o processo de compra de Bitcoin seja relativamente simples, alguns cuidados precisam ser tomados para evitar problemas futuros. Principalmente se você é um novo investidor e não tem experiência na área.

O ideal é que você faça a operação por uma corretora confiável ou use uma plataforma de negociação, como é o caso da Bitcoin Code. Este cuidado é essencial para proteger suas finanças!

Logo abaixo, separamos algumas dicas essenciais para quem está iniciando nesse caminho. Confira o passo a passo para investir em bitcoin com segurança!

Estude sobre o mercado

O primeiro passo antes de começar a de fato investir em Bitcoin é estudar o mercado das criptomoedas. Isso porque, se trata de algo recente no Brasil e nem todos sabem as características básicas da moeda online.

A dica é entender como funciona a cotação dessas moedas, quais são as melhores para investimento no momento, quais os benefícios mas também quais os riscos presentes no investimento.

Comece com pequenas aplicações

Assim como em qualquer outro investimento, a recomendação é começar aos poucos, iniciando com uma pequena fatia de ações e só depois aumentar até chegar no valor que você deseja investir.

Isso porque, devido ao fato de as moedas digitais serem ainda recentes no mercado financeiro, o ideal é manter a sua porcentagem entre 1% e 2%. Com isso, os riscos de grande perda são menores.

Não invista todo o seu dinheiro

Além de iniciar com cautela, ficando apenas com uma pequena fatia de investimento nas criptomoedas, a indicação é não colocar todo o seu dinheiro disponível para ações em apenas um segmento do mercado.

Ou seja, o Bitcoin deve ser um diferencial na sua carteira de investimentos, mas não representar tudo. Existem outras formas de investir financeiramente que podem garantir mais segurança e resultados.

Monitore a cotação

Por fim, a última dica antes de começar a investir em Bitcoin é conhecer os índices de cotação da moeda e fazer o monitoramento constante. Esses índices servem para acompanhar a valorização desse dinheiro virtual.

Entre os principais índices de referência, podemos citar o Chicago Mercantile Exchange (CME) e o Índice S&P Bitcoin Index que fazem o monitoramento especialmente do bitcoin. Mas também há outros que acompanham diversas criptomoedas, como:

  • S&P Ethereum Index;
  • Nasdaq Crypto Index;
  • S&P Crypto Mega Cap Index.

Fazer o monitoramento da cotação é importante para identificar o melhor momento de investir e o momento para segurar suas ações, com base na valorização da moeda.

Formas de investir em Bitcoin

Atualmente, existem diferentes formas de investir na criptomoeda mais famosa do mercado. Porém, a escolha exige cuidado, considerando que esse segmento está cheio de mal intencionados tentando aplicar golpes.

Além disso, é preciso analisar outros fatores que tornam o seu investimento seguro e não colocam em risco o seu dinheiro. Confira a seguir quais os principais meios de comprar Bitcoin.

Corretora de valores

Uma das formas mais comuns de investir em Bitcoin é por meio da abertura de conta em uma corretora de valores, chamada também de “exchange”. Esse processo é considerado mais seguro para os novos investidores.

Trata-se de um caminho simples para adquirir criptomoedas, já que a própria corretora especializada faz o intermédio entre quem está vendendo bitcoin e quem deseja comprar a moeda digital.

Para começar a investir em Bitcoin dessa forma, é preciso escolher uma corretora de confiança e realizar o seu cadastro. Serão exigidos alguns dados básicos pessoais para confirmar sua identidade e então passar a fazer as negociações.

É importante ressaltar que é necessário manter um saldo de dinheiro real na conta da corretora, por protocolos das empresas. Além disso, a compra de Bitcoin acontece totalmente online.

Exchange Traded Fund (ETF)

Outro meio possível para fazer investimento em Bitcoin é pelo chamado Exchange Traded Fund (ETF), que trata-se de um fundo de investimento. Também é considerado seguro, porém pode ser um pouco mais complicado de lidar.

Esses fundos trabalham com a negociação em bolsa, ou seja, utilizam como referência para a cotação alguns índices da bolsa de valores. No caso do investimento em Bitcoin, usam índices específicos para criptomoedas.

A criação de índices para a compra e venda de moedas digitais possibilitou que os interessados façam investimento por meio dos fundos de bolsa. Como é o caso do Chicago Mercantile Exchange, que avalia especialmente o Bitcoin.

Inclusive, hoje em dia é possível encontrar até mesmo ETFs que trabalham somente com criptomoedas e fazem negociações com pessoas físicas, não precisam necessariamente ser jurídicas.

Negociação direta – Peer to Peer

Por fim, os interessados em investir em bitcoin podem também realizar negociações no formato Peer to Peer, ou seja, sem o intermédio de terceiros como as corretoras e fundos mencionados anteriormente.

O valor de venda das moedas digitais nessa negociação direta depende de um acordo entre as partes e o fato de ser ausente de taxas extras chama a atenção de investidores.

Embora pareça uma opção mais fácil de comprar criptomoedas, esse meio não é recomendado para quem não possui experiência nesse segmento. Já que, com frequência são aplicados golpes com a venda falsa de Bitcoin.

Por isso, a dica é optar por esse caminho apenas se você tiver total confiança na negociação. Caso contrário, priorize abrir uma conta em uma corretora e seguir pelo investimento mais seguro.

Qual é o valor mínimo para investir em Bitcoin?

Devido ao fato de que as criptomoedas são limitadas no mercado, ou seja, são finitas, elas contam com um valor alto. Esse valor pode variar de acordo com a quantidade de ativos disponíveis.

Por isso, investir em Bitcoin não é barato, para comprar uma moeda virtual hoje exige que você embolse um dinheiro na casa dos milhares. Mas há como tornar esse processo mais acessível por meio da compra de frações de criptomoeda.

Assim, é possível fazer parte desse mercado com valores inferiores a mil reais, por exemplo. E você, pretende investir em Bitcoin? Esperamos que esse conteúdo tenha tirado suas dúvidas.