qua. nov 30th, 2022

Os animais podem uivar por uma série de motivos, como fome, dor ou solidão.

Quem tem cachorro em casa, provavelmente, já presenciou o seu companheiro uivar por algum motivo. O hábito é bem característico entre os cães e os seus ancestrais, os lobos, sendo algo natural por parte deles. Contudo, procurar entender o que significa o uivo é uma importante maneira de zelar pelo seu companheiro.

A falta de ração no pote, a ausência do dono ou mesmo as situações que o cachorro considera como “ameaçadoras” podem fazer com que ele comece a uivar. Abaixo, entenda quais são alguns dos motivos que o fazem reagir dessa maneira e o que pode ser feito.

Fome

Um dos motivos que faz com que os cães uivem é porque eles estão sentindo fome, sobretudo quando eles ainda são filhotes. Na prática, funciona de forma semelhante ao choro do bebê quando ele está com fome, tanto que os pais logo providenciam o leite materno para ele.

Portanto, caso seu companheiro comece a uivar, verifique como está a tigela de comida dele. Caso esteja vazia, coloque um pouco de ração, pois isso pode ser a solução do problema. Aproveite para verificar a vasilha de água, pois o uivo também pode ser um sinal de sede.

Dor

Caso o problema não seja ligado à fome e à sede, existe a chance de o seu cão uivar por sentir dor. Entender isso nem sempre é fácil, uma vez que o que está o incomodando pode não estar visível fisicamente, por isso o tutor pensa que está tudo certo com ele.

Nesses casos, se não descobrir o motivo que está o fazendo uivar sem parar, é recomendado levá-lo a um veterinário para fazer uma avaliação do estado dele.

Perigo

O uivo pode ser em decorrência de os animais sentirem alguma ameaça por perto e quererem avisar os seus tutores sobre esse perigo. É uma reação natural para mostrar que eles estão em alerta e prontos para defesa de seus tutores, mesmo que a ameaça não seja algo realmente perigoso, como o som de sirenes, de campainhas e de buzinas.

Ansiedade de separação

Ficar longe do seu dono também é um motivo que faz com que ele comece a uivar. Quando isso acontece logo depois do tutor sair de casa, é um sinal que o animal pode estar sofrendo com ansiedade de separação. O uivo também pode ser um sinal de solidão, com o uivo sendo uma distração para ele, pois está se sentindo entediado em casa.

Para contornar esse problema e garantir o bem-estar do animal, é interessante comprar alguns brinquedos interativos para que o animal se divirta enquanto estiver ausente. Também é válido consultar uma ajuda profissional para acostumar o cachorro, aos poucos, a ficar sozinho, diminuindo a sensação de ansiedade nele.

Chamar a atenção

Existe a chance de o cachorro uivar e latir para chamar a atenção do tutor, sobretudo se ele estiver se sentindo ignorado. Nesses casos, é importante que o dono não o recompense imediatamente com petiscos e brincadeiras enquanto estiver uivando, uma vez que isso pode reforçar o comportamento para que ele consiga o que quiser sempre que uivar.

O mais recomendado é oferecer esses petiscos quando ele estiver em silêncio, associando uma postura quieta à recompensa.

Comunicação

Uma das heranças que os cachorros herdaram dos lobos foi o fato de se comunicarem por meio dos uivos, algo que os animais selvagens fazem para se comunicar com a matilha. O uivo é utilizado para localizar outros membros, afastar inimigos e alertar o grupo sobre possíveis perigos, tanto que é normal o cão uivar em resposta ao uivo de outro cachorro da vizinhança, efeito que faz com que vários animais comecem a uivar ao mesmo tempo.

O que fazer?

Quando o cão começa a uivar, não adianta dar bronca ou puni-lo de outra forma. Além de não resolver o problema, essa atitude pode tirar o foco de problemas mais graves que o cachorro está sentindo, sem contar que prejudica o bem-estar do animal.

O ideal é investigar o motivo que está fazendo com que ele uive. Se o motivo é a solidão, compre alguns brinquedos para ele se divertir. Em caso da fome, crie uma rotina de horários para que ele sempre tenha ração e água disponível nas vasilhas. Já se o problema é o barulho alto, procure associar essas ocasiões a momentos de alegria para ele, oferecendo algum petisco ou providenciando alguma brincadeira.