sáb. jan 28th, 2023

O posicionamento das lojas é fundamentalmente diferente das atividades voltadas para um site padrão “cartão de visita”. Sites projetados com vendas em mente são muito mais extensos. Eles têm muitas subpáginas, produtos e, muitas vezes, também há um blog especializado dentro da página. Um site com muitas subpáginas que precisam ser posicionadas requer muitas atividades importantes.

No artigo, tentaremos apresentar os aspectos mais importantes da abordagem de posicionamento de loja online, bem como explicar questões de SEO para pessoas que já trabalham ou pretendem começar a trabalhar no comércio eletrônico. 

O que é posicionamento das lojas online?

O posicionamento da loja (SEO) é um processo de longo prazo, cujo principal objetivo é aumentar a posição de frases e palavras-chave nos resultados de pesquisa gratuitos do Google. Como resultado, o domínio tem maior visibilidade, o que pode levar a um maior tráfego orgânico.

O posicionamento eficaz das lojas online baseia-se principalmente na implementação de atividades on page e off page. O que isso significa? Bem, é muito importante otimizar a loja online (elementos individuais do site, criar conteúdo e obter links valiosos). O que mais? As atividades de suporte à experiência do usuário também são de grande importância,  pois com elas o e-commerce registra uma maior taxa de conversão.

O posicionamento é baseado em atividades que supostamente  aumentam a visibilidade do site no mecanismo de busca. Assim, os usuários do Google podem não apenas encontrar a página, mas também aproveitar a oferta comprando um produto específico.

Em suma, é a adaptação do site tanto às diretrizes do buscador Google quanto aos algoritmos cuja tarefa é criar rankings de páginas. SEO (Search Engine Optimization) significa otimizar um site para o mecanismo de busca. É importante notar que esta estratégia pode ser implementada de forma independente, ou seja, pelo proprietário da loja virtual e com a ajuda de especialistas experientes, por exemplo, uma Agência de SEO.

Auditoria profissional de SEO e seleção de palavras-chave

O primeiro passo quando se trata de posicionar a página da loja é desenvolver uma auditoria abrangente de SEO. É um relatório que mostra possíveis erros ou deficiências que precisam ser melhorados. Para realizar uma auditoria, é necessário analisar com precisão cada subpágina da loja online. Com base nos dados coletados, uma estratégia de posicionamento apropriada é usada.

Uma auditoria de SEO para uma loja online inclui uma análise do conteúdo postado em sites. Os sites também são analisados ​​em termos técnicos (velocidade de carregamento, código-fonte), bem como links internos e externos.

Antes de começar a posicionar as lojas online no Google, você deve determinar quais  frases e palavras-chave descrevem subpáginas individuais. Com isso, a otimização das lojas online junto com a criação de conteúdo ficará muito mais fácil. 

Você deve escolher palavras-chave que correspondam ao conteúdo da URL e, ao mesmo tempo, seu volume de pesquisa mensal esteja no nível apropriado. Não escolha apenas palavras gerais como Micro-ondas por exemplo. Mas também mais específicas como “melhor micro-ondas para solteiros”.

É possível utilizar algumas ferramentas como o planejador de palavras-chave do Google para ajudar nesse processo.

Lembre-se de que uma posição alta se traduzirá em um aumento significativo de visibilidade e até aumento do tráfego orgânico.  Além disso, usar as palavras-chave corretas ajudará a evitar uma situação em que o mecanismo de pesquisa mostre vários resultados do mesmo domínio.

Otimização da loja online

A otimização das lojas é a próxima etapa das atividades realizadas no âmbito do posicionamento da loja online. O que é a otimização técnica das lojas online? Este é um conjunto de atividades cuja principal tarefa é melhorar o site o máximo possível, para que o site esteja em total conformidade com as diretrizes do Google para webmasters.

Ao otimizar sua loja online, preste atenção especial a:

-Comprimento e conteúdo apropriados dos títulos e descrições das subpáginas.

-Tempo de carregamento da página da loja: este é um dos fatores básicos de classificação que afetam a posição do site.

-Sitemap: o arquivo disponível no Google Search Console deve estar atualizado.

-Redirecionamentos: lembre-se de definir os redirecionamentos corretamente.

-Organizar e encurtar o código-fonte.

-Links internos: recomenda-se evitar os chamados páginas órfãs porque não podem ter uma classificação alta na pesquisa do Google.

-User Experience: adaptação do website às necessidades e expectativas dos utilizadores.

-Google Search Console:remova quaisquer erros que apareçam.

Seguindo essas dicas, o site certamente estará melhor preparado para alcançar boas posições e aumentar as vendas!