dom. nov 27th, 2022

Para melhor divulgar seus negócios e aumentar as oportunidades de vendas, as empresas estão investindo cada vez mais em campanhas de mídia paga, ou seja, pagam para veicular anúncios em meios de impacto. 

A mídia paga é uma aliada fundamental para quem está buscando aumentar o retorno sobre o investimento.

Além disso, ela melhora a visibilidade da marca e possibilita tirar proveito de boas oportunidades de negócio rapidamente.

Neste artigo, abordaremos de forma ampla  sobre o que é e como fazer a mídia paga. Conheça todas as possibilidades de potencializar o seu negócio e, acima de tudo, veja como obter resultados de sucesso com essa estratégia.

O que são as campanhas de mídia paga?

A fim de maximizar o alcance de uma marca, a mídia paga pode ser feita em vários meios diferentes.

Portanto, ela pode aparecer como banner, texto, link, imagem ou outro formato.

Os anunciantes podem escolher em quais plataformas exibir seus anúncios, por quanto tempo e quanto investirão, além de poder analisar os resultados obtidos, como visualizações ou alcance.

Os resultados da publicação são proporcionais ao valor do investimento, ou seja, quanto mais investimento, mais audiência para a marca de consultoria em TI, por exemplo.

Mas há outros fatores que influenciam isso, como uma boa segmentação ou a escolha certa de palavras-chave, como veremos mais adiante.

Como resultado, os anúncios são muito flexíveis, mudando de acordo com as necessidades da estratégia e orçamento existentes, adequando-se também aos aspectos do segmento.

Saiba quais são os meios de comunicação mais recorrentes nas campanhas de mídia paga.

Mecanismos de busca

Os sites de busca facilitam o dia a dia de milhares de pessoas. Posicionar-se neles é útil para aparecer nos primeiros resultados e, com isso, atrair mais cliques.

Plataformas como Google, Yahoo! e Bing classificam links com base no conteúdo e nas preferências de cada usuário.

Apesar disso, é possível veicular um material patrocinado, conforme as palavras usadas nas buscas, destacando o conteúdo nas primeiras posições daquele segmento, sendo sinalizado como anúncio.

Redes sociais

A publicidade em redes sociais como Facebook, LinkedIn e Instagram é cada vez mais utilizada por marcas de artefatos de cimento, consultoria contábil, profissionais de saúde e em diversos outros segmentos de atuação, aumentando o alcance das publicações.

A vantagem principal está na produção de dados que as redes sociais possibilitam. 

Com eles, é possível elaborar segmentações muito personalizadas e aumentar o alcance dos anúncios.

Banners

Os anúncios em banners geralmente são imagens que aparecem em páginas da web por um tempo limitado e direcionam os usuários para o site do anunciante ou para uma landing page específica. 

Esse tipo de anúncio é integrado ao site do editor como imagem ou gif. 

O desempenho é medido pela taxa de cliques, calculada pela divisão entre o número de cliques e o número de impressões (visualizações).

Dependendo dos interesses dos usuários-alvo, os anúncios podem ser colocados nos sites onde passam a maior parte do tempo.

Quais são os pontos positivos das campanhas de mídia paga?

Estamos falando sobre uma das estratégias mais populares do marketing digital. Então, não podemos deixar de evidenciar os benefícios dela.

Acompanhe os tópicos na sequência e entenda por que campanhas desse tipo representam resultados positivos para os negócios mais diversos, inclusive para uma empresa de alpinismo industrial e outros negócios B2B e B2C.

Gera mais tráfego

As técnicas de inbound marketing são muito úteis, mas podem demorar para surtir o efeito esperado.

Pensando nisso, você pode atrair mais pessoas para seu site ou blog e chamar a atenção deles em pouco tempo com a mídia paga.

Todo anúncio feito (independentemente da mídia) tem um link que leva diretamente a uma página, que pode ser:

  • Site;
  • Postagem de blog;
  • Landing page;
  • Oferta exclusiva.

Com isso, os atrativos de uma empresa de ar condicionado vão chegar a mais pessoas.

Produz resultados rapidamente

No momento da elaboração dos anúncios já é possível ter uma estimativa do alcance que eles terão. 

Assim que o anúncio é lançado, em pouco tempo ele produz os primeiros resultados, permitindo avaliar possíveis ajustes.

É muito comum que as empresas optem por investir em mídias pagas, como anúncios no Facebook, para direcionar mais tráfego para landing pages publicadas e gerar leads qualificados.

Aumenta a visibilidade

Com mídia paga, todos os usuários que pesquisam online as palavras-chave que você incluiu no anúncio encontrarão sua empresa.

Isso significa maior visibilidade para um negócio de solo grampeado ou um pet shop. Portanto, há maior chance de conversão em vendas.

Além disso, anúncios pagos de mídia social podem alcançar mais pessoas – incluindo quem ainda não segue ou conhece a empresa.

Investimento acessível

Os benefícios são tantos que muitas pessoas ainda pensam que investir em mídia paga exige altas cifras.

Contudo, isso é um mito. O pagamento é muito flexível, pois depende das palavras-chaves e do tempo que o anúncio vai ficar no ar.

Quanto mais competitivos e populares os termos são, mais cara é a campanha. Nesse caso, há leilões para definir qual anunciante vai ficar no topo das pesquisas.

Assim, para empresas iniciantes a relação custo-benefício pode ser extremamente benéfica, pois você pode chamar a atenção para produtos mais segmentados e menos concorridos como filtro jacuzzi sem gastar muito.

Permite segmentações personalizadas

A segmentação de mídia paga permite separar o público com base nos interesses dele.

Dessa forma, você pode investir nas estratégias certas para atingir um público específico e não perder tempo com contatos que não serão convertidos em clientes.

Ou seja, anúncios bem segmentados são exibidos para usuários que realmente tem interesse no que está sendo vendido.

Nesse sentido, uma oficina automotiva não corre o risco de gastar recursos tentando engajar pessoas que não se interessam em selante para radiador; e o mesmo se dá em negócios de outros segmentos.

Tem variedade de formatos

A mídia paga oferece um grande número de formatos para quem deseja divulgar sua marca no mundo online.

Essa função, quando bem utilizada pela empresa, torna-se uma aliada fundamental. De fato, as marcas podem adaptar seu conteúdo a cada meio e canal usado.

É perfeitamente possível produzir textos, infográficos, vídeos e banners, assim como distribuir links para páginas específicas. 

Tudo depende das metas e da intenção da marca, bem como o público e objetivo visado. 

Ou seja, as ações e formatos aplicados por um empreendimento de portaria remota para estabelecimentos comerciais será diferente daqueles usados por uma vinícola especializada em rotas e presentes para casais.

Veja dicas para investir em campanhas de mídia paga

Chegou a hora de colocar seus aprendizados em prática. Para isso, daremos algumas dicas valiosas.

Use-as para implementar campanhas altamente personalizadas e segmentadas!

Distribua oportunidades de conversão

Os botões de call to action servem para incentivar o usuário a tomar uma atitude. 

Para isso, deve estar presente em diversas páginas e auxiliar na hora de indicar e orientar os visitantes a realizarem a ação que a empresa deseja, como estimular o lead a concluir a compra

Ele é, geralmente, o elemento usado para acelerar a conversão.

Se você deseja otimizar suas conversões, insira bons CTAs nos materiais de forma estratégica, além de disponibilizar opções de conversão nas páginas.

Isso aumentará as taxas de conversão, pois a atenção é captada de forma diferente e a ação também se torna mais personalizada.

Faça testes A/B

Na hora de garantir que os anúncios deem bons resultados, não se esqueça de testar os elementos.

Testes A/B devem ser explorados para mostrar duas versões do mesmo material, com pequenas alterações de texto, visuais ou funcionais.

No período de teste, aplique as duas versões e analise qual delas deu mais certo com o público visado.

Esse tipo de estratégia ajuda a entender o que é mais bem aceito pelo público. Você pode analisar a taxa de conversão dos testes para investir no formato que teve os resultados mais satisfatórios.

Use indicadores de desempenho

Com campanhas de mídia paga, o foco é atingir o maior número de pessoas possível, certo? Bem, nem tanto.

Acima de tudo, é fundamental elaborar um anúncio que gere os resultados desejados, que é atingir um público maior, mas que seja qualificado para se relacionar com a marca e conceber leads efetivos.

Por esse motivo, mais do que estudar o público-alvo, é necessário utilizar métricas de desempenho.

Isso deve ser feito para compreender como os usuários se comportam frente a marca, otimizando o direcionamento e evolução na jornada de compra, bem como compreendendo os principais interesses do público.

Inclusive, esses indicadores ainda indicam a receita produzida com a campanha paga mencionada.

Não altere o orçamento sem planejamento

Muitos profissionais podem ficar frustrados quando não vêem os resultados esperados na campanha, começando a apostar várias quantias de dinheiro para ver se dá certo – mas isso também é um erro.

Nosso conselho é não alterar repentinamente o valor aplicado em sua campanha, pois isso afeta a inteligência das ferramentas e pode ter o efeito contrário do esperado.

Se for necessário modificar o orçamento na plataforma, opte por fazer mudanças suaves, considerando outras ações que também poderão otimizar os resultados.

Conheça a sua persona

De nada adianta fazer um grande investimento se o anúncio não corresponde às necessidades e interesses da persona do negócio.

Portanto, fique ciente do que as pessoas estão procurando e, aí, direcione os seus esforços em criar materiais que realmente dialoguem com elas.

Esse é um fator essencial para alcançar os usuários com mais chances de se tornarem clientes fiéis ao longo do tempo.

Conclusão

As estratégias de mídia paga marcam presença no planejamento de comunicação das marcas mais lucrativas do mundo. 

Então, não há motivos para não incluí-las nas suas ações de marketing de forma estratégica, conciliando com ações orgânicas para resultados sustentáveis em curto e longo prazo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.