sex. jul 12th, 2024

Antes de fechar o seguro, o turista deve se certificar das coberturas inclusas 

Os seguros fazem parte do cotidiano dos brasileiros, principalmente quando se trata de bens de maior valor, como imóveis e veículos. Apesar de serem os mais populares, essas não são as únicas opções disponíveis no mercado. Os turistas, por exemplo, podem contratar um seguro-viagem para se manterem protegidos durante todo o passeio. 

Mas e quando a viagem inclui aventuras e esportes radicais, será que o seguro de viagem é capaz de cobrir essas situações? Quem busca turismo com mais ação e adrenalina precisa se informar previamente e ficar atento às coberturas para não passar por apertos caso um imprevisto aconteça! 

Afinal, o que é o seguro-viagem?

O seguro-viagem funciona de forma bem semelhante às outras modalidades de seguro. A principal diferença nesse caso é o período em que ele pode ser usado e as coberturas, que incluem tanto os bens materiais quanto o próprio viajante. A intenção é proteger o turista dos principais imprevistos que possam surgir. 

Uma vez contratado, o seguro fica ativo durante o período da viagem, podendo ser acionado de acordo com a apólice. Por isso, é essencial que você leia com atenção o contrato e solicite todas as mudanças necessárias antes de viajar. Após isso, a empresa seguirá apenas com o que foi acordado pelas duas partes em caso de emergência. 

Quais coberturas fazem parte do seguro?

Essa é uma dúvida muito comum, principalmente para quem nunca contratou o serviço. A resposta é bem simples: depende! Não existe um único modelo de seguro-viagem, assim, não existem coberturas “fixas” que não possam ser alteradas. As cláusulas precisam ser conversadas com a empresa ou o corretor, garantindo que você tenha tudo de que precisa para viajar com tranquilidade

No caso de viagens que incluam atividades de aventura, é importante que você se certifique de que existe uma cobertura específica para isso. Nem todo seguro-viagem cobre acidentes em um salto de paraquedas, por exemplo. Contudo, você pode avisar a empresa ou o corretor e solicitar que uma cobertura específica seja adicionada, garantindo a sua proteção durante essas atividades mais radicais. 

Como escolher a melhor opção?

A melhor opção de seguro para você sempre será aquela que cubra as suas necessidades. Portanto, é essencial que você planeje a viagem com antecedência e programe quais atividades serão feitas, principalmente se elas forem consideradas “perigosas” ou incomuns. 

Decidiu todo o roteiro? Agora é hora de pesquisar a fundo as opções e conversar diretamente com a empresa ou o corretor responsável pela venda. Ainda durante as primeiras conversas, deixe claro os planos e compare o que é oferecido com o que você precisa. Parte da responsabilidade da seguradora é te ajudar a escolher a opção que melhor te atende e que combina com a sua viagem!

O que observar antes de fechar o contrato?

Conversas encerradas e seguro-viagem escolhido, chegou de assinar, e agora? É essencial que você leia todos os detalhes do contrato, ou apólice, como é chamado tal documento no meio das seguradoras. Nele, devem estar listadas todas as coberturas, incluindo a que você mais precisa: a proteção para atividades de aventura. 

Se tudo estiver certinho, é só assinar o papel e seguir os planos para a viagem. Agora, se as coberturas não estiverem bem especificadas, a dica é voltar para a etapa da conversa e alinhar as suas expectativas com a empresa. Lembre-se: o seguro só vale para o que estiver escrito no contrato.

E se eu precisar usar o seguro, como funciona?

Uma vez que o seguro é fechado, você não precisa se preocupar, afinal, essa é a maior vantagem de contratar um seguro. Basta seguir com a sua viagem e caso aconteça algum imprevisto, aí, sim, é necessário entrar em contato novamente com a empresa.

Nesse momento, você aciona o seguro, seguindo as instruções passadas pelo seu corretor e que também devem estar no contrato. Pronto! Seguro acionado, a empresa irá arcar com todas as despesas necessárias, conforme as coberturas que foram fechadas e os detalhes acertados na apólice.