qui. dez 1st, 2022

Contar com um depósito para guardar móveis é uma medida essencial para determinadas pessoas que pretendem construir uma casa nova ou uma empresa que está sem espaço para armazenar seus bens.

Para isso, o uso de um guarda móveis pode ser a solução ideal, uma vez que ele permite que seja realizado o armazenamento de móveis e objetos que estão ocupando espaço e atrapalhando a sua vida.

O self storage tem se mostrado uma excelente opção, principalmente pelo seu custo-benefício em relação a outros modos de armazenagem disponíveis no mercado.

Dessa forma, este artigo tem o intuito de demonstrar para você qual o melhor lugar para guardar os seus itens, tanto domésticos como de empresas.

Por que você precisa de um depósito para guardar móveis?

Fazer uma mudança ou reforma em uma casa pode se tornar um grande problema para as pessoas, já que são várias ações que devem ser tomadas para evitar que nenhum dano possa acontecer aos móveis.

Para quem não tem espaço extra ou ambiente próprio para armazenar sua mobília durante esse processo, o mercado disponibiliza alternativas seguras e eficientes para abrigar seus itens por determinado período.

Desse modo, o sistema de self storage é uma delas. Esse serviço já está solidificado em vários outros países como os Estados Unidos. No Brasil, ele vem ganhando força nos últimos anos.

O cliente arca com um valor mensal para guardar seus móveis e outros objetos em boxes individuais. Geralmente, o prazo mínimo de aluguel gira em torno de 30 dias e o contrato se renova automaticamente, porém o cliente pode rescindi-lo a qualquer momento sem custos adicionais.

Qual o valor de aluguel de um depósito para guardar móveis?

O valor referente ao aluguel de boxes varia conforme o tamanho e o tempo estipulado em contrato. Geralmente, os valores podem ser de R$100 por mês e chegar a R$1200 mensais, por exemplo.

Com esse tipo de serviço, ninguém além do cliente terá acesso ao box em que seus móveis se encontram armazenados.

O usuário leva os pertences, armazena, tranca o box e fica em posse da chave, ou seja, seria como se ele tivesse alugado um cofre de banco e somente ele teria autorização de acesso.

Há diferença entre deposito para guardar móveis e self storage?

Há um questionamento em relação ao serviço de depósito para guardar móveis e o self storage. Apesar disso, o modo como funciona o método de armazenamento auxilia nessa diferenciação.

No depósito, possibilita-se guardar vários tipos de objetos, no entanto existem determinadas restrições. O acesso, por exemplo, não é autorizado. Sendo assim, o proprietário dos pertences apenas poderá mexer nos itens quando finalizar o contrato e realizar a retirada.

No self storage, a responsabilidade é de quem alugou o espaço. Ou seja, há pontos de diferentes dimensões e o cliente só paga por aquilo que utilizar, sendo que a cobrança também costuma ser todo mês.

É permitido o acesso sempre que for necessário ao box alugado, visto que as pessoas possuem a chave. nessa situação, não é preciso fazer um inventário completo ou declaração dos pertences que guardou.

O contratante conta com acesso liberado 24 horas por dia. É permitido retirar ou colocar objetos a qualquer momento.

O depósito para guardar móveis tem disponível serviços completos e é uma opção interessante quando se trata de mudanças e mobiliário. Em contrapartida, o self storage apresenta essa maior flexibilidade em relação à armazenagem.

Cada um oferece suas particularidades, mas no fundo ambos buscam satisfazer as necessidades dos clientes que é guardar itens que estão ocupando espaço em sua residência ou empresa, por exemplo.

O que saber antes de alugar um depósito para móveis?

Antes de alugar o seu depósito para guardar móveis, você deve ficar atento a alguns pontos. Veja quais são a seguir.

Saiba o que pode ser armazenado

Uma das informações principais é entender o que pode ser armazenado nesses ambientes, para que você não contrate um serviço que não poderá utilizar.

Como em qualquer metodologia de serviços, há determinadas regras que precisam ser cumpridas pelos usuários, e algumas delas se relacionam aos objetos que podem ou não ser armazenados.

Itens perecíveis, tóxicos, inflamáveis, entre outros, são exemplos daquilo que não pode ser guardado nesses locais. Por isso, sempre pergunte à empresa fornecedora do serviço o que é aceito ou não.

Avalie o tamanho do ambiente

Mesmo se a empresa dizer qual o box que melhor comporta seus móveis, é interessante você fazer o cálculo, tendo como base o perímetro em que seus itens ficarão guardados.

Realize um planejamento de forma antecipada de todos os pertences que serão armazenados no local, calculando o volume e o tempo estimado de armazenamento.

Grande parte das empresas que oferecem esse tipo de serviço cobram por tempo e por espaço de box ou galpão. Por isso, para evitar gastos por um ambiente maior, o planejamento auxiliará bastante na escolha do tamanho ideal.

Busque referências

Antes mesmo de contratar um depósito para guardar móveis, é fundamental pesquisar quais são as empresas disponíveis no mercado e buscar referências com usuários daquele serviço.

Procure avaliações de negócios em sites como Reclame Aqui. Dessa forma, você saberá exatamente quem está cuidando dos seus móveis, se cumprem prazos e valores, entre outros. Você pode visitar as instalações para saber mais sobre a empresa fornecedora deste serviço.

Avalie os seguros

Antes de fechar essa parceria com o depósito para guardar móveis, verifique se a empresa disponibiliza seguros e quais são os tipos. É importante que haja cobertura contra incêndios, furtos, danos provocados por questões da natureza.

Além disso, a empresa deve contar com um esquema de segurança no local, como vigilância e câmeras.

Enfim, esse tipo de serviço oferece tanto para empresas como pessoas físicas opções eficientes e adequadas quando se trata de mobília.

Assim, sempre que precisar de um depósito para guardar móveis ou self storage, analise o que há no mercado e opte pelo que mais supra suas necessidades. E escolha uma empresa que ofereça segurança e comodidade na hora de guardar seus pertences.