sex. nov 25th, 2022

No mês outubro é comemorado o Dia do Idoso e se antes ao nos referirmos a essa faixa etária automaticamente já vinha na cabeça aqueles simpáticos senhores de barbas e cabelos brancos e cheios de histórias para contar, a realidade atualmente tem sido cada vez mais diferente.

Pesquisas apontam que a população de idosos vai triplicar até 2050 no Brasil. E o segredo dessa longevidade está justamente no fato das mudanças em seus hábitos, com a melhor idade estando cada dia mais preocupada em viver mais tempo e com uma melhor qualidade de vida. Eles não só estão mais ativos e preocupados com a alimentação, mas também estão mais atentos a questões como a autoestima e por isso cuidam mais da aparência.

E para quem pensa que mesmo entre a terceira idade, os cuidados com a beleza acabam sendo mais uma “coisa de mulher”, também se engana.

Orlando Oliveira é o fundador da ELE CARE, um Centro de Saúde, bem-estar e estética exclusivamente dedicado ao público masculino. Ele já vinha observando essa movimentação do mercado da beleza há um tempo e acredita que os tabus estão sendo quebrados não só pelos homens mais jovens, mas também dentro da população de mais idade.

“Eu acredito que um dos principais dilemas para os homens que são vaidosos e que tem interesse no cuidado da beleza e do bem-estar é sentir-se à vontade para fazer isso. E uma vez que você cria um espaço totalmente ambientado e pensado para eles automaticamente o número de adeptos dessas práticas se torna maior. Isso independente do perfil ou faixa etária, aqui mesmo na ELE CARE não existe um perfil pré-estabelecido”.

Outro grande incentivo para os homens “sessentões” é que assuntos relacionados à vaidade, beleza e bem-estar deles é algo que tem deixado de ser um tabu, passando a ser abordado na mídia e tendo como defensores muitos “galãs” da melhor idade. Há muitas celebridades, inclusive que apesar de não parecer, já fazem parte do grupo dos 60+.

Seja malhando, cuidando da alimentação ou fazendo algum procedimento estético, eles são exemplos de que não há idade para se cuidar. Confira a lista de alguns deles:

 – Edson Celulari (64 anos): além de ainda ser visto como um galã, também foi pai recentemente de seu terceiro filho.

– Kadu Moliterno (67 anos): com sua pinta de “surfista”, o eterno Juba de Armação Ilimitada (1985), ostenta um físico invejável.

– Victor Fasano (64 anos): não há como negar que ele que começou sua carreira como modelo ainda na adolescência e já fez parte de várias tramas globais, ainda continua inteirão e arrancando suspiros.

– Leopoldo Pacheco (62 anos): que fez parte do elenco da primeira fase da novela Pantanal, é outro exemplo de “grisalho” de respeito.  

Além dos brasileiros, não podemos também deixar de lembrar de alguns galãs internacionais que ainda arrancaram muitos suspiros por aí. Antonio Bandera (62 anos), eterno ícone latino. Damon Wayans (62 anos), astro da série “Eu, a Patroa e as Crianças” e o norte-americano George Clooney (61 anos), são alguns dos exemplos.

(Orlando Oliveira – Fundador da ELE CARE)