dom. nov 27th, 2022

Aprenda a identificar os sintomas para buscar tratamento quanto antes e evitar que os quadros se agravem

Ter um cachorro ou gato em casa é uma delícia, mas também significa ter algumas responsabilidades. Entre elas, a de prezar pela saúde e bem-estar do animal. Assim como acontece com os humanos, as infecções estão entre os problemas mais comuns que podem acometer os pets. 

A maioria pode ser tratada em casa, com a administração de remédios para cães e gatos, que devem ser receitados por um médico veterinário. No entanto, identificar as infecções logo no início é bem importante para o sucesso dos tratamentos e a rápida recuperação dos animais. 

Um bom tutor deve estar sempre de olho para ver se o seu amigo está dando sinais de que algo não vai bem. Para isso, é importante conhecer as principais doenças dos animais, aprendendo a identificar os sintomas e tratamentos.

Doença do carrapato

Os carrapatos causam coceira, vermelhidão e ainda passam para outros animais. Só por isso já deveriam ser combatidos assim que são notados, o que pode ser feito com comprimidos ou ampolas, tanto em cães quanto em gatos. Mas, além disso, a picada dos parasitas pode causar a doença do carrapato (ou Erlichiose).

Os principais sintomas da doença do carrapato, que atinge principalmente os cães, são: febre, apatia, vômito, alterações de apetite e perda de peso. Também podem aparecer manchas vermelhas ou amarelas pelo corpo, além de sangramento nasal. O tratamento é feito com medicamentos e deve ser iniciado quanto antes.

Intoxicação alimentar

Com sintomas bem semelhantes com os humanos, a intoxicação alimentar acontece quando o animal come algo estragado (ou em excesso) e pode virar uma infecção gastrointestinal. Observe se o seu cão ou gato apresenta diarreia, vômito, alterações de apetite, sangue nas fezes, mau cheiro na boca e até febre.

Ao notar esses sintomas é preciso investigar a causa do problema e, na maioria dos casos, suspender a alimentação por um período. Um veterinário deve ser consultado se os sintomas não passarem em poucos dias, pois pode ser necessário administrar um medicamento para a infecção.

Otite

A inflamação nos ouvidos também pode atingir cães e gatos, sendo causada por fungos, bactérias e até mesmo por excesso de sebo. Os principais sintomas são secreção amarelada nos ouvidos, coceira excessiva e sinais de dor e incômodos, como quando o animal balança a cabeça exageradamente.

A otite pode ser prevenida protegendo as orelhas do animal durante o banho, para evitar que entre água e também evitando a exposição do pet à chuva ou ao vento. O tratamento é feito com medicamentos por via oral ou tópica, mas é preciso identificar a causa da infecção para indicar o remédio certo para ela.

Gripe

Cães e gatos também podem ficar gripados e a doença pode ser causada por vírus ou bactérias e pode evoluir para infecções. Os sintomas são tosse, coriza, espirro, febre, dificuldade para respirar e alteração de comportamento.

Ao perceber que o animal pode estar gripado, o tutor deve reforçar a hidratação e manter o animal aquecido. Caso os sintomas não passem em poucos dias, é o caso de procurar um veterinário, pois pode ser necessário administrar antibióticos para controlar o quadro.

Cinomose

Outra doença que atinge principalmente os cães, a cinomose pode evoluir para casos graves e, por isso, pede bastante atenção. Ela é causada por um vírus, que acomete mais frequentemente animais com o sistema imunológico fraco, como filhotes, idosos e portadores de alguma doença crônica.

Os sintomas variam de acordo com o estágio da doença, começando com diarreia e vômitos e evoluindo para convulsões e dificuldades para respirar ou tremores, quando atinge o sistema nervoso. Existe vacina, que é a principal forma de prevenção. A doença não tem cura, mas os tratamentos podem aliviar os sintomas.

Veja também: https://omelhor.app.br/pets-veterinario-explica-a-importancia-da-vermifugacao-para-a-saude-de-caes-e-gatos/