qui. dez 1st, 2022

Se tem algo comum hoje em dia é a correria desenfreada, que tomou nosso estilo de vida contemporâneo, tanto em sentido profissional quanto pessoal. Nesse contexto é que surgem soluções como as de Life Hacks, voltadas para o desempenho pessoal.

É curioso considerar que vivemos a época de maior acúmulo de tecnologias e até de recursos que já se viu na história da humanidade. São carros, computadores, celulares, internet cada vez mais rápida, e ainda assim parece que sempre falta tempo.

Ou seja, na verdade estamos caindo em um certo ativismo, que tem a ver com uma atividade que não necessariamente está sendo racionalizada por nós, o que pode deixar essa sensação de que o dia está curto demais, ocasionando até alguns quadros clínicos.

Por exemplo, uma pessoa que já percebeu esses riscos e começa a fazer alguma atividade pessoal, como acupuntura para enxaqueca, está se prevenindo. Já as pessoas que vão levando sem cuidados, podem sofrer até mesmo de Síndrome de Burnout.

Trata-se de uma doença psicológica diretamente relacionada ao trabalho das pessoas, que chegou a preocupar até mesmo a Organização Mundial de Saúde. A OMS já disse que, se não houver conscientização, o problema só tende a se agravar.

Realmente, quando vemos por essa ótica, podemos dizer que o ser humano simplesmente não parece projetado para passar algo entre 10h ou 15h dentro do escritório, sentado de frente para uma ou várias telas e displays de computador.

Pelo contrário, se a pessoa não percebe as contradições disso e corre atrás de ajuda, o mais provável é justamente que ela acabe caindo em um desses quadros clínicos que mencionamos. Portanto, ter muita tecnologia ou mesmo muito dinheiro não garante nada.

Se uma pessoa trabalha em uma gráfica de etiqueta de validade personalizada, ela precisa compreender a importância de se organizar e otimizar o tempo. Do mesmo modo, a própria empresa deve dispor de meios e ferramentas pessoais para isso.

É justamente aí que entra a questão das estratégias como a dos life hacks, que na verdade são bem tranquilos, simples e fáceis de colocar em prática. Basicamente, são técnicas para você tomar posse do seu tempo e de sua agenda.

De fato, quem diz que o tempo é o bem mais precioso nesta Terra não está equivocado, pois realmente é a única coisa que não volta atrás e que, se não cuidarmos, vai acabar sendo gasta indevidamente, inclusive como algo ligado à própria morte.

Portanto, é preciso começar a economizar tempo e encontrar facilidades o mais rápido possível, justamente para que cada segundo da vida seja bem aplicado e bem utilizado. Também está aí o motivo para escrevermos este artigo.

Inclusive, um ponto bacana é que hoje os life hacks podem ajudar não apenas no trabalho, para a pessoa apresentar seu crachá de identificação funcional no horário certo todo dia pela manhã, mas sobretudo na vida pessoal que levamos nos intervalos.

Diante disto, se o interesse do leitor é realmente aprender algumas boas dicas que poderão ajudá-lo a fazer uma gestão muito mais eficiente e assertiva da própria agenda, otimizando o seu tempo, então basta ler até a última linha deste artigo.

O que são life hacks, afinal?

Muita gente confunde esse termo por tentar traduzi-lo em sentido literal ou direto, quando na verdade se trata de uma expressão que exige uma leitura interpretativa. Assim, o termo life hacks significa “truques de vida”, o que faz todo sentido.

Ou seja, não tem nada a ver com o sentido em que a palavra principal é usada, por exemplo, no universo cibernético dos hackers, que são criminosos digitais. O interessante é o itinerário que essa palavra percorreu até chegar nesse sentido mais habilitado de hoje.

Ocorre que hacker começou a se tornar sinônimo de todo profissional da área de TI que conseguia resolver problemas por meio de programação, como um engenheiro de uma fábrica de camisetas lisas que criasse:

  • Programas;
  • Softwares;
  • Gadgets;
  • Plataformas;
  • Aplicativos.

Enfim, todo tipo de solução lógica ou mesmo física que possa facilitar a vida dos colaboradores daquela fábrica. Ou mesmo dos clientes, caso a solução vá ser vendida, como no caso dos gadgets, que são itens tecnológicos portáteis.

Sendo assim, o termo que começou como algo pejorativo, em relação aos hackers cibernéticos, migrou para o universo da área de TI, e enfim chegou nessa realidade atual, que é a de ser aplicado a qualquer dica de tarefas para facilitar o dia.

Ou seja, no fundo, um life hack não precisa estar necessariamente ligado com altas tecnologias, podendo remeter apenas a dicas curtas e simples para, por exemplo, economizar mais água.

Nesse sentido, os life hackers são aqueles que criam os life hacks, como dicas ou truques que tornam a vida mais produtiva, mais descomplicada e, claro, mais sustentável.

A organização básica

Outro modo de deixar muito claro como os life hacks funcionam é mergulhando de cabeça em alguns deles, como esse que é um dos principais de todos.

Há quem pense que a organização básica começa pela agenda e pelos horários, mas não é verdade. Pode-se até fazer assim, mas a verdade é que se o seu redor estiver bagunçado, provavelmente você também vai se desorganizar com o tempo.

Ou seja, a ordem começa pela matéria, pelo que é visível e pode ser tocado. Trata-se de arrumar a mesa de trabalho, a mesa da cozinha que está entulhada de coisas e potes que você nem usa mais, uma poltrona que virou cabide, e daí em diante.

Se precisar, não hesite fazer um aluguel de van com motorista para doar alguma coisa ou mesmo dar uma destinação final, pois isso é mesmo importante.

O interessante aqui é que, quanto mais você organiza sua casa ou escritório, mais vai gostar da organização, de modo que fazer a manutenção disso durante os dias será bem mais fácil.

Portanto, o principal é a primeira faxina, isso é que vai aumentar sua produtividade e ajudar a manter tudo mais limpo e mais arrumado por mais tempo.

Agenda e melhores horários

Agora sim podemos (e devemos) falar sobre agenda e sobre otimização de tempo, mostrando de maneira bastante clara como os life hacks voltados para isso podem aumentar a produtividade do dia a dia, por meio de técnicas simples.

A primeira delas é a de encontrar os seus melhores horários, algo que é totalmente intransferível e que realmente só você pode fazer por si mesmo.

Trata-se de algo simples, mas cujos efeitos são crescentes e incríveis. Por exemplo, às vezes a pessoa deseja muito ter uma prática de leitura diária, para se tornar mais inteligente, falar melhor e ordenar melhor as ideias.

Só que tem uma coisa, durante o dia ela trabalha com conserto ar condicionado, sendo que sempre que chega em casa e toma banho, fica morta de cansaço. Com isso, acaba que nunca consegue fazer as leituras, e só se frustra.

Ora, um life hack aqui seria acordar 30 ou 50 minutos antes todos os dias, e fazer sua leitura nesse período. Pode ser que sua produtividade intelectual esteja nessa hora do dia, e não de noite.

O mesmo vale para qualquer outra atividade, sendo que descobrir seu horário para cada um dos afazeres é mesmo fundamental. Lembrando que com o crescimento do home office, até o trabalho pode ser feito em outros horários, se você preferir.

A divisão em 3 níveis

É verdade que a organização do espaço em volta e a agenda já devem representar 90% da produtividade de uma pessoa, mas há outros life hacks que podem ajudar também.

Por exemplo, distinguir entre afazeres importantes, urgentes e circunstanciais. Tem muita gente que pode achar isso simples ao ouvir, mas na prática não consegue fazer.

Claro, às vezes é fácil, como se você trabalha na auto elétrica mais próxima e precisa entregar um carro para daqui uma hora. A importância dele se torna, obviamente, urgente.

Aliás, o exemplo é ótimo, pois mostra como na sequência vêm as atividades importantes e, por último, as circunstanciais. 

Então, se você começa o dia dividindo sua agenda assim, além de se preparar melhor, pode ser que você acabe descartando afazeres que poderiam ser considerados inúteis.

O poder do mindfulness

Por fim, queremos mencionar o conceito de mindfulness, que tem se espalhado cada vez mais nos dias de hoje, sobretudo no universo profissional e corporativo.

Como um profissional da área de chave codificada, que realmente deseja atingir a otimização de agenda e o aumento de produtividade.

Enfim, mindfulness significa “atenção plena”, e consiste em dominar sua mente por meio de meditação, como tirando 30 minutos do dia para ficar sozinho em silêncio. Busque uma prática assim e seus resultados irão se potencializar muito mais, tenha certeza.

Conclusão

Falar em life hacks pode parecer algo incomum ou inacessível para muitos, mas trata-se apenas de truques que tornam a vida prática, sustentável e centrada.

Com as dicas que demos acima, torna-se muito mais simples entender o que são esses truques ou dicas, bem como o passo a passo para aplicá-los de modo harmonioso e benéfico.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.