qui. fev 22nd, 2024

Atenção com os cantinhos de repouso deles e onde eles realizam suas necessidades é fundamental para manter a casa limpa

Quem tem um animal de estimação sabe como eles são capazes de mudar o astral da casa. Eles oferecem uma companhia preciosa, que deixa a residência mais viva e muito menos solitária, afetando diretamente o bom humor e os ânimos dos residentes.

No entanto, a presença deles demanda algumas responsabilidades. Além de comprar itens para pets para que eles possam ter conforto e se divertirem, os donos também devem estar cientes de outros cuidados.

E um deles é justamente manter a casa limpa e devidamente higienizada – uma tarefa que é ainda mais difícil para quem tem vários deles em casa. Abaixo, conheça dicas imprescindíveis para manter a higiene da sua casa ao lado deles.

Aspirador de pó: um aliado indispensável

Essa é uma dica valiosa para quem tem um pet em casa, e que se torna ainda mais fundamental para quem convive com múltiplos animais de estimação.

É natural da parte deles soltar muitos pelos no dia a dia e, para dar conta desse volume, é preciso utilizar o aspirador de pó, prevenindo que os pelos fiquem espalhados por todos os cantos. Isso sem contar que o pelo do pet pode gerar um cheiro ruim no cômodo, o que reforça a necessidade de limpeza.

A recomendação dos especialistas é de que se use o equipamento cerca de três vezes por semana – podendo ser mais dependendo de quantos animais tiver em casa. Caso seja permitido que o seu pet suba no sofá, por exemplo, também se recomenda que se coloque uma manta por cima dele.

Procure manter os ambientes sempre ventilados

Como descrito acima, os pelos podem deixar um cheiro ruim nos ambientes. Para contornar esse problema e não ter que conviver com um odor desagradável, é fundamental procurar manter os ambientes sempre bem ventilados, com as janelas abertas para que o ar circule.

Inclusive, isso também deve ocorrer ao higienizar os cômodos, já que não adianta limpá-los e desinfetá-los se não houver essa circulação de ar.

Higienize a casa do pet com produtos de limpeza

Os cantinhos dos seus bichinhos de estimação também precisam ser limpos regularmente. No entanto, essa limpeza deve ser feita com produtos próprios para esse fim, evitando assim que o seu animal tenha algum problema como alergia.

Por isso, preferencialmente, deve-se utilizar produtos que sejam feitos à base de amônia quaternária. Para não irritar as narinas deles, a fragrância deve ser de citronela, cítrica, lavanda ou herbal. Dessa forma, você garante um cheiro bom no ambiente, além de eliminar as bactérias.

Não se esqueça de limpar os objetos que eles utilizam

Além dos cantinhos que eles passam o dia e dormem, não se pode esquecer de higienizar, também, os pertences que ele cultiva e brinca no dia a dia. Por exemplo, a caminha e o cobertor devem ser lavados uma vez por semana.

O mesmo intervalo pode ser utilizado para limpar os brinquedinhos deles. Entretanto, quando o assunto são os potinhos de comida e água, a limpeza deve ser diária.

Dê banho com frequência

A higiene dos pets impacta também na higiene da casa. Afinal, ter vários animais sujos só vai fazer com que a casa fique ainda mais suja, aumentando o tempo de limpeza. Dessa forma, também é importante que você procure dar banhos com frequência nos seus companheiros.

Em média, a recomendação é de que isso aconteça uma vez por semana. Entretanto, o ideal é que você converse com o veterinário responsável para que ele indique a melhor frequência, já que essa necessidade pode alternar de raça para raça.

Lembre-se de utilizar os produtos específicos e indicados na hora do banho – usar shampoo humano neles, por exemplo, pode causar alergia na pele dos pets. Para facilitar a sua vida, aplique o banho no dia que for lavar os cantinhos dos animais e seus pertences, higienizando tudo de uma única vez.

Cantinho de necessidades: limpeza constante

Por fim, um ponto claro, mas que não pode passar despercebido. Em uma residência com vários animais, é ainda mais importante limpar o cantinho onde eles fazem suas necessidades, várias vezes ao dia. Isso pode ser feito utilizando um pano com desinfetante e passando no local, além de recolher o cocô e descartá-lo no lixo. 

Já para quem tem gatos, a caixa de areia (que deve ser individual para cada um deles) também deve ser trocada diariamente.