qua. nov 30th, 2022

Após viajar por mais de 20 países, 15 estados brasileiros, inclusive escrever muito sobres essas viagens em meu “blog” cheguei algumas conclusões sobre a segurança em viagens internacionais. A conclusão é que a segurança em viagens internacionais não é um grande problema. Contudo, merece alguns destaques conforme veremos adiante.

A pedido de amigos vou mencionar um pouco sobre este assunto neste tópico. Lembrando que sou Graduado em Segurança Privada e tenho mais de 12 anos de experiência em Segurança Pública. Então serão dicas muito importantes. Vamos a alguns tópicos.

Segurança nunca foi problema para mim. Até porque não existe um país no mundo que você correrá mais riscos viajando que no Brasil. No exterior, o maior risco se é que podemos dizer assim é você ser furtado, por “batedores de carteira”. E sim este é o maior e praticamente único risco.

Brasileiro em si já é muito cuidadoso quanto a furto e roubo. Já faz parte do nosso costume. Todos nos já fomos roubados ou furtado, ou praticamente todos. Porém, vamos a alguns cuidados com a segurança nos próximos parágrafos.

CUIDADOS COM A SEGURANÇA EM VIAGENS

Para evitar ter a carteira furtada evite carregá-la no bolso de trás e até mesmo no bolso da frente, caso este se for muito grande. Se possível carregue-a na cintura próximo ao umbigo ou use as populares doleiras.

Caso opte por levá-la na mochila, o que não é muito aconselhável coloque sempre nos bolsos internos da mochila e nunca nos bolsos do lado de fora dela. O cuidado deve ser maior em locais de aglomeração como monumentos turísticos e transporte publico.

Nunca carregue todo o seu dinheiro e todos os seus cartões e todos os seus documentos. Pode deixar no hotel. Eu mesmo já deixei 600 dólares no hotel e sai para passeios. Você não precisa avisar ou falar com alguém que tem tanto dinheiro guardado. Simplesmente deixe o dinheiro guardadinho e vá.

Uma opção muito interessante é ter os documentos digitalizados. Coisa que aprendi com os europeus. Na maioria dos lugares você apresentar simplesmente a foto do seu passaporte servirá como documento.

Uma coisa que nunca fiz é ir em baladas. Geralmente a maioria dos golpes está relacionado com baladas ou pessoas te oferecendo bebidas envenenadas, pessoas te pedindo bebida, pessoas se insinuando para depois te furtar e coisas do tipo. Como eu disse eu não bebo e não vou em baladas. Caso vá de tenha companhia de colegas que conheceu na hospedagem e de preferência brasileiros. Ou seja, se for à balada e beber, etc. Vá acompanhado de pessoas que já tenha afinidade por mais que seja mínima.

Eu particularmente mais golpes, porém estes são os principais. Tem um seriado que se chama “capitais do delito” ele mostra basicamente todos os tipos de golpes criminosos em turistas em diferentes partes do mundo. Cabe lembrar ainda que o brasileiro até pela fama não é o tipo de vítima ideal para os golpistas.

E SE FOR VÍTIMA EM OUTRO PAÍS?

Antes de fazer qualquer golpe mencionado aqui eles tentarão fazer em europeus ou americanos e você tem dúvida que eles terão sucesso?

Bom caso tudo ainda não dê certo. Tenha em mãos os telefones que você precisa para bloquear cartões, o que a maioria das vezes é feito por celular no aplicativo do cartão.

Quase todas as cidades turísticas no mundo tem delegacias para atender turistas e nelas os policiais falam vários idiomas e consegue te ajudar a bloquear cartões e orientar quanto aos procedimentos subsequentes.

Outra dica principalmente para os “marinheiros de primeira viagem’’ é ter anotado no papel número do telefone dos parentes e amigos e do consulado brasileiro no país de destino bem como o endereço deste órgão. Apos ser orientado na delegacia de atendimento ao turista você ainda pode pedir mais orientações no consulado.

Mas não se preocupe com isso, como eu disse não é comum este golpe em brasileiros e eu particularmente nunca cai em golpe ou vi algum colega caindo em golpes criminosos, só o do turista para mais caro, que não é criminoso no primeiro momento.

Inclusive já escrevi sobre um destino lindo, barato e fácil para brasileiros viajarem no post: O que Fazer em Lisboa. Pois, essa é uma cidade linda e segura que vale demais apena visitar. E você já caiu em algum golpe, conta aqui nos comentários.