qui. dez 1st, 2022

Quais são os melhores suplementos que ajudam no desempenho do trabalho e na função do cérebro?

Em tempos de crescente preocupação com a saúde mental e a função cerebral, esta tem se tornado uma questão recorrente para muitas pessoas, principalmente por conta do desempenho no trabalho e demais atividades.

Portanto, apresentamos neste texto uma lista dos 10 melhores suplementos para o desempenho no trabalho que irão turbinaro seucérebro, comprovados pela ciência. Confira.

O cérebro humano é o computador mais poderoso que conhecemos. Possui cerca de 86 bilhões de neurônios com cerca de um quadrilhão – um milhão de milhões – de conexões conhecidas como sinapses, que conectam essas células.

E assim como uma máquina precisa de energia para funcionar corretamente, o cérebro humano também precisa de energia para funcionar corretamente.

Hoje existem vários suplementos para memória e concentração, que reabastecem vitaminas e minerais essenciais, combatem os radicais livres e melhoram a circulação sanguínea no cérebro, contribuindo para o bom funcionamento cognitivo. Estes são chamados de nootropics.

Também conhecidas como “drogas inteligentes” ou drogas de inteligência, nootropics são compostos ou nutrientes que podem impulsionar a ação do cérebro como um todo.

Continue lendo para descobrir por que você deve tomar suplementos cerebrais e quais nutrientes são melhores para melhorar a cognição e seu desempenho profissional.

Por que tomar suplementos para melhor o desempenho?

Os suplementos para aumentar o desempenho são recomendados tanto para pessoas diagnosticadas com TDAH e depressão, como também para indivíduos saudáveis que desejam melhorar a memória, o desempenho cognitivo e a produtividade em estudos ou trabalho.

Outra razão é que, ao longo da vida, o cérebro humano perde neurônios e, como conseqüência, começamos a experimentar déficits cognitivos, como a perda de memória, por exemplo. A partir dos 40 anos, começamos a perder a capacidade de armazenamento no cérebro e os nootropics podem reduzir as chances de um futuro declínio cognitivo.

Veja agora os melhores suplementos para aumentar deu desempenho profissional e capacidade cognitiva: 11 opções para aumentar a concentração e a cognição.

  • Magnésio

O magnésio é um dos minerais mais importantes para nosso corpo. Entre os benefícios do magnésio está sua capacidade de impulsionar a atividade cerebral.

Uma concentração adequada de magnésio promove a neuroplasticidade e aumenta a atividade cerebral, contribuindo para a aprendizagem e a memória (curto e longo prazo).

O magnésio também está ligado à produção de serotonina, um neurotransmissor que ajuda a reduzir a ansiedade e a manter a saúde mental e psicológica.

  • DHA

O DHA é outra excelente substância que promove diversos benefícios para a saúde do seu cérebro elevando seu desempenho no trabalho e profissional.

Este ácido graxo ômega-3 tem sido usado como um suplemento de memória. Ela também ajuda a reduzir o risco de progressão de certos distúrbios psiquiátricos.

Além disso, o DHA pode melhorar significativamente o desenvolvimento cognitivo em crianças, e a suplementação é recomendada mesmo durante a gravidez. Além disso, este ácido graxo protege contra leve comprometimento cognitivo, demência e o risco de progressão da doença de Alzheimer em idosos.

  • EPA

Outro ácido graxo ômega-3, o EPA, é um excelente suplemento para o desempenho no trabalho e quando se trata de combater a depressão.

Enquanto o DHA atua no desenvolvimento do cérebro e na prevenção de alguns distúrbios mentais, o EPA tem um efeito agudo quando a depressão, ansiedade ou problemas de concentração já estão presentes. Ela funciona invertendo o processo inflamatório, que é uma das causas da depressão, por exemplo.

O EPA é um suplemento cerebral que pode estar na lista terapêutica para depressão, transtorno bipolar e também pode ter benefícios agudos para aqueles com TDAH.

  • Creatina

Na última década, a creatina, comumente usada para melhorar o desempenho atlético, também demonstrou suas habilidades para melhorar o desempenho geral do corpo humano.

Este suplemento tem um efeito positivo significativo na memória de trabalho e na inteligência, especialmente no que diz respeito às tarefas que requerem velocidade de processamento.

Isto porque, além de atuar na produção de energia, o suplemento tem um poderoso efeito anti-inflamatório. A creatina é, portanto, um candidato líder na pesquisa sobre a prevenção e o tratamento do mal de Alzheimer.

  • L-teanina

L-teanina ou teanina é encontrada naturalmente no chá verde. É comercializado como um suplemento dietético nos Estados Unidos, onde recebeu o status GRAS (geralmente reconhecido como seguro) pela FDA.

Segundo vários estudos científicos, a teanina é capaz de estimular neurotransmissores que previnem a disfunção cerebral induzida pela beta-amilóide, uma proteína associada à doença de Alzheimer.

Além disso, a L-teanina é usada para melhorar a qualidade do sono em crianças com distúrbio de hiperatividade déficit de atenção.

Em termos de uso nootropico, vários estudos indicam que uma combinação de L-teanina com cafeína pode melhorar o desempenho cognitivo, especialmente nas áreas de concentração e agilidade.

  • Taurina

A taurina é um aminoácido não essencial, encontrado em alta concentração tanto nos músculos quanto nos neurônios.

Como sua estrutura é semelhante à do GABA, a taurina é capaz de ativar os receptores para este neurotransmissor, que estão relacionados com o estado de relaxamento. Como resultado, a atividade cerebral diminui, levando a uma maior atenção e concentração.

  • Gengibre tailandês

O gengibre tailandês, da espécie Alpinia galanga, é usado há séculos na Ayurveda como um nootropic natural.

Ele atua como um estimulante sexual, promovendo a atenção e concentração, e pode prolongar a atenção por até cinco horas, mas sem o efeito de ricochete da cafeína, por exemplo.

Isto porque o gengibre tailandês inibe os receptores de adenosina e diminui a recaptação de dopamina, criando uma sensação de vigor.

Sendo assim,é uma excelente opção para quem buscar melhorar o desempenho no trabalho e no dia a dia.

  • Palatinose

Os carboidratos são a principal fonte de energia do cérebro. Neste sentido, a palatinose, que tem um baixo índice glicêmico, proporciona energia prolongada e pode proporcionar benefícios como aumento da concentração, melhora da memória e do humor.

  • MCT

Os suplementos de triglicerídeos de cadeia média (MCT) têm sido usados em dietas cetogênicas ou de baixo teor de carboidratos porque são fontes de energia rápida.

Composto de 60% de ácido caprílico e 40% de ácido caprico, além de fornecer energia, os MCTs também estão ligados à melhoria da função cognitiva.

  • CoQ10

A coenzima Q10 é reconhecida como um antioxidante intracelular e está envolvida na produção de energia nas mitocôndrias.

A CoQ10 é encontrada principalmente nos órgãos que necessitam de mais energia, como os músculos, o coração e o cérebro.

Entre seus muitos benefícios, a CoQ10 também se destaca como um suplemento para desempenho profissional e cerebral, sendo um potente agente terapêutico, usado para aliviar enxaquecas e reduzir sua freqüência e duração.

Uma opção é a vitamina q10 gold que possui boa composição e pode proporcionar diversos benefícios quando consumida.

  • Cafeína

A cafeína ajuda a aumentar o estado de alerta e a melhorar a concentração. Além disso ajuda a aumentar o desempenho físico e cognitivo.

  • Colina

A colina é uma das vitaminas B (especificamente B8) e também desempenha um papel importante na ação cerebral.

É necessário para a produção de acetilcolina, o “mensageiro instantâneo” do cérebro. A acetilcolina atua como o principal neurotransmissor e ajuda na transmissão de mensagens no cérebro e na junção neuromuscular.

A colina também desempenha um papel fundamental no desenvolvimento do cérebro infantil, especialmente na área do hipocampo e do forencéfalo frontal, que são responsáveis pela regulação da memória e da atenção.

  • Tyrosine

A tirosina é um aminoácido não essencial precursor do neurotransmissor dopamina, que está associado a efeitos antidepressivos. Além de melhorar o humor, a tirosina também suporta a memória, especialmente em situações estressantes, e melhora a capacidade de executar tarefas sob pressão.

  • Complexo B

Além da colina (B8), as vitaminas do complexo B também contribuem para o bom funcionamento do sistema nervoso e podem ser usadas como suplemento cerebral, atuando para melhorar a memória e a concentração, entre outros benefícios.

  • Vitamina C

A vitamina C é conhecida por melhorar nosso sistema imunológico, mas também é um poderoso antioxidante para o cérebro, trabalhando para combater os radicais livres.

  • Vitamina E

A vitamina E também tem um papel antioxidante e atua para proteger o sistema nervoso central, ajudando a prevenir distúrbios cerebrais, como a demência.