qui. dez 1st, 2022

Conhecida como a Black Friday do primeiro semestre, o Dia do Consumidor, no próximo dia 15, se estendeu para a Semana do Consumidor que, em 2022, será entre os dias 14 e 20 de março, prometendo alavancar as vendas e movimentar a economia com descontos de até 70%. De acordo com uma pesquisa realizada pela Shopee, plataforma de comércio eletrônico, 68% dos consumidores pretendem comprar e aproveitar a festividade pela primeira vez, especialmente pelo e-commerce, que faturou, em 2021, R$ 6,3 bilhões, 85% a mais em relação ao mesmo período do ano anterior.

Como uma parcela considerável das pessoas planeja participar ativamente da Semana do Consumidor, as empresas também precisam ter cuidado para não sofrer golpes e ter algum tipo de prejuízo. Para isso, Ubiratan Lima, economista especializado em finanças e sócio-diretor da B Capital Group, butique de negócios que facilita, intermedia e presta consultoria nos segmentos financeiro e jurídico para empresas, lista algumas dicas.

  1. Conheça o seu público

Entender e estudar o nicho no qual o seu negócio está inserido é muito importante para avaliar quais, quantos e como sua empresa vai conceder descontos e criar promoções. Analise se o que você tem em mente vai atrair e satisfazer seus clientes.

  1. Atribua descontos reais e tangíveis

Saiba que os consumidores pesquisam e comparam preço. Além de analisarem os produtos e/ou serviços do concorrente, eles se atentam aos seus valores anteriores, da semana e até do mês anterior. Tentar enganá-los não pode ser uma opção. Ademais, não crie promoções e conceda descontos maiores do que o seu negócio suporta e sem antes fazer um planejamento.

  1. Faça um planejamento!

É importante mapear todas as datas comemorativas do ano e se programar financeiramente, seja para dar mais ou menos descontos, para contratar mais pessoas temporariamente para o seu negócio ou para investir em marketing e redes sociais.

  1. Preze pela lei

Além de cuidar, genuinamente, do seu cliente, você precisa zelar pelo seu negócio juridicamente. Lembre-se! As comemorações devem ser pautadas respeitando sempre o Código de Defesa do Consumidor.

  1. Pense no futuro

Um empreendedor tem visão de futuro. Não adianta aproveitar a semana festiva e parar por aí. Crie uma estratégia de pós-venda para continuar cativando novos clientes e manter os atuais.

“Com cautela e planejamento, todos podem ganhar com as datas comemorativas: os consumidores, os empreendedores, comércios físicos, e-commerce e, principalmente, a economia brasileira”, completa o economista.

Sobre a B Capital: Butique de negócios que une, de forma multidisciplinar, quatro décadas de experiência de três sócios-diretores, nos segmentos financeiro, jurídico e securitário, à sólida vivência em auxiliar empresas e gestores nas mais diversas frentes, tanto no âmbito consultivo como no contencioso. A missão é mitigar riscos e evitar prejuízos às empresas, identificando perfis e atribuindo rating para limite de crédito, consultoria especializada para FIDC´s, securitizadoras e demais veículos, desenvolvimento de planos de Recuperação Judicial, entre outros.