dom. nov 27th, 2022

Não sabe o que são infoprodutos? Pois saiba que você pode estar deixando dinheiro na mesa.

Afinal, o mercado de produtos digitais foi um dos que mais cresceu no último ano, durante a pandemia do novo coronavírus. 

Para se ter uma ideia, segundo dados divulgados pelo Google, a busca por cursos online aumentou em 130%.

Já a venda de e-books, um dos infoprodutos mais consumidos, também apresentou um aumento exponencial de 83% em 2020, segundo pesquisa da consultoria Nielsen.

No entanto, apesar dos números impressionantes, muitas pessoas ainda não sabem, de fato, o que são infoprodutos.

Se você faz parte do grupo que ainda não entende como funciona o mercado dos produtos digitais, que promete ser um dos ramos mais promissores dos próximos anos, leia esse conteúdo até o fim e saiba tudo sobre o assunto. 

Boa leitura!

O que são infoprodutos?

Antes de falar sobre os tipos de produtos digitais e como você pode criar o seu, vamos entender o que são infoprodutos? 

O infoproduto é a comercialização de informação por meio de um produto digital. 

Na prática, o infoproduto funciona da seguinte forma: você possui uma informação ou conhecimento relevante sobre determinada área, e passa a compartilhá-lo com outras pessoas por meio de um produto digital. 

Ou seja, um produto desenvolvido, comercializado e acessado por meio de equipamentos eletrônicos.

Esse conteúdo pode ser repassado em formato de áudio, texto, vídeo, entre outros, e pode ser distribuído de forma gratuita ou paga. 

Assim, o infoproduto não é algo tangível, como um livro ou CD que você tem em casa, mas um material criado para ser acessado online ou offline, caso seja possível fazer download. 

Por que investir nos produtos digitais? 

Agora que você entendeu o que são infoprodutos, pode estar se perguntando porque investir nesse mercado, certo?

A verdade é que produzir e comercializar produtos digitais não é uma tarefa fácil, e exige muito trabalho e esforço. 

Além disso, não são todos os segmentos preparados e que possuem abertura para esse tipo de produto.

No entanto, para quem já está presente no meio digital e está disposto a trabalhar para se inserir no mercado dos infoprodutos, essa pode ser uma oportunidade para desenvolver autoridade em seu nicho de atuação, e ter uma fonte de renda integral ou complementar. 

Para quem se interessou na oportunidade de comercializar seu conhecimento, algumas vantagens de investir no mercado de infoprodutos são:

  • renda recorrente;
  • modelo de negócio escalável;
  • baixo custo inicial;
  • menor investimento para produção;
  • mais ferramentas e oportunidades para divulgação.

Tipos de infoproduto para criar 

Ok, agora você já entendeu o que são infoprodutos e o quão promissor o mercado pode ser para alguns profissionais. Mas quais são os tipos de produtos digitais que você pode criar? 

Além dos cursos online e e-books, que citamos no início do conteúdo, existem outros tipos de infoprodutos que você pode desenvolver para distribuir gratuitamente ou vender para sua audiência. Veja alguns dos mais comuns:

  • audiobooks
  • podcasts
  • webinar
  • palestra
  • mentoria
  • clube de assinatura
  • e muitos outros!

Para saber mais sobre esses tipos de infoprodutos e entender como funciona cada um deles, confira o nosso conteúdo sobre o assunto: “15 tipos de infoprodutos: como faturar com produtos digitais?”.

Veja também o vídeo do canal Negócios Digitais, no Youtube, com cinco dicas dos infoprodutos mais fáceis de criar, vender e entregar:

https://youtu.be/BHaNiWAg7cg

5 passos para criar o primeiro produto digital

De nada adianta saber o que são infoprodutos e os tipos mais comuns no mercado, se você não sabe por onde começar para desenvolver o seu, certo?

Desse modo, por mais que o passo a passo para criar um infoproduto dependa muito do produto digital escolhido, selecionamos alguns pontos-chave que todo infoprodutor de sucesso passa antes de colocar um novo material no mercado. 

São eles:

  1. Decidir o assunto que irá abordar
  2. Entender quais são as personas do seu produto digital
  3. Encontrar o formato estratégico para repassar o conhecimento de forma clara
  4. Investir na divulgação para potencializar o alcance do produto
  5. Acompanhar os indicadores de desempenho para fazer melhorias. 

Essas são, sem dúvidas, as etapas que você irá passar indispensavelmente para ter um infoproduto a venda no mercado

Entre todos esses passos, no entanto, existem as atividades práticas que não podemos deixar de fora, como a roteirização e gravação das aulas para os cursos online, ou a pesquisa, escrita e diagramação para os e-books. 

Mas tudo irá depender do produto digital que você planejar lançar. 

Como divulgar e vender o primeiro infoproduto? 

Chegamos a etapa final, e uma das mais importantes, quando falamos sobre o que são infoprodutos e como ganhar dinheiro com eles. 

Afinal, não adianta desenvolver um excelente produto, se você não conseguir se destacar no mercado, pode acabar ficando para trás entre a grande concorrência do mercado. 

Para isso não acontecer, existem algumas estratégias muito eficientes que você pode adotar!

Se você escolheu criar um curso online, veja no infográfico abaixo um passo a passo essencial com algumas ações práticas para fazer depois que seu produto digital estiver pronto: 

Agora, se você optou por outro infoproduto, veja os seguintes conteúdos para ficar por dentro das melhores estratégias para alavancar as vendas do seu produto digital

Este conteúdo foi escrito pela equipe da EAD Plataforma, uma plataforma online de ensino a distância que te permite criar e vender cursos na internet. Simples, intuitiva e com preço acessível, a EAD Plataforma atua no mercado desde 2014 e já conta com mais de 1200 clientes.